LANCE!
08/11/2015
14:53
Barcelona (ESP)

Uma jogada antológica fez Neymar deixar o Camp Nou ovacionado não só pelo estádio, como também pelo mundo da bola. De costas para o gol, o craque recebeu cruzamento, deu um desconcertante chapéu no marcador e emendou de primeira para concretizar o triunfo do Barcelona sobre o Villarreal por 3 a 0, neste domingo, pelo Campeonato Espanhol. Uma obra-prima para colocar numa moldura e guardá-la para sempre. Suárez e o próprio camisa 11, artilheiro da competição, completaram a vitória catalã.

O Barça chega a 27 pontos no Campeonato Espanhol e aguarda o Real Madrid no clássico do dia 21 deste mês, no Santiago Bernabéu. Os Merengues ainda entram em campo nesta 11ª rodada, podendo igualar a pontuação do arquirrival e ficar à frente pelo saldo de gols. Já o Villarreal fica fora do G4, na quinta colocação, com 20 pontos.


O primeiro tempo foi difícil para o Barça. O Villarreal entrou em campo disposto a marcar, segurar o empate e jogar por uma ou duas bolas. Já o time da casa não se encontrou e produziu poucas jogadas de ataque.

Na etapa derradeira, Soriano entregou nos pés de Busquets, que lançou Neymar. O artilheiro brasileiro dominou, tirou do goleiro adversário e abriu o placar, chegando a mais um gol no Espanhol.


Após o gol, o Villarreal se perdeu de vez. Jaume Costa derrubou Munir na área de forma infantil. Neymar deixou Suárez cobrar, e o uruguaio não perdeu a chance de ampliar.

O melhor do jogo viria nos minutos finais. Suárez viu Neymar e lançou na área. De costas para o gol, o brasileiro se livrou bonito da marcação adversária com um lindo chapéu, não deixou a bola cair e bateu de primeira para fechar o placar e mostrar que está na briga pela Bola de Ouro da Fifa. Uma pena que não há mais tempo para ganhar o prêmio de gol mais bonito de 2015. A joia merece, no mínimo, uma citação.