Gary Neville

Neville chegou ao time após a demissão de Nuno Espírito Santo (Foto: Divulgação / Valencia CF)

LANCE!
18/01/2016
10:43
Valência (ESP)

Desde que estreou como técnico do Valencia, o inglês Gary Neville ainda não venceu pelo Campeonato Espanhol. Em seis partidas foram quatro empates e duas derrotas. Só venceu na Copa do Rei, três vezes, e perdeu mais uma na Liga dos Campeões. Após o tropeço em casa com o Rayo Vallecano neste domingo, na igualdade em 2 a 2, o treinador que debuta nesta função, pediu para que o time apresente o futebol que mostrou no segundo tempo, quando buscou o placar.

- O primeiro tempo é difícil de explicar, foi um rendimento muito decepcionante. No futebol é preciso ganhar e se divertir, não mostramos nada disto. Há duas coisas positivas: a resposta no segundo tempo e a demonstração de luta. Mas o primeiro tempo é inaceitável. Tenho confiança no trabalho que estamos fazendo, estou de acordo que os resultados não são os que esperávamos - disse Neville após o empate em casa, em que ouviu vaias das arquibancadas:

- Não é falta de esforço dos jogadores. Coneguimos um ponto e seguiremos trabalhando na manhã seguinte. Estou certo de que, se nos aplicarmos como no segundo tempo, vamos somar mais pontos. Temos que corrigir imediatamente. A torcida pode se expressar como quiser, eu respeito.

O volante brasileiro Danilo, ex-Vasco e Braga, que tem sido titular constantemente com Neville, mostrou discurso parecido. O jogador pediu paciência.

- Tentamos do início ao fim, mas o primeiro tempo não foi como esperávamos. Os jogadores estão frustrados, mas não é por falta de atitude. No segundo tempo mostramos o nosso orgulhos e compromisso, mas as coisas não foram como queríamos. Temos que ter paciência e trabalhar, é a única saída - disse.

O próximo compromisso do Valencia é pela Copa do Rei. Nesta quinta-feira, os Ches recebem o Las Palmas pela ida das quartas de final. No Campeonato Espanhol, a equipe ocupa apenas a 11ª colocação.