RADAR/LANCE!
16/07/2016
14:11
São Paulo (SP)

Na véspera de mais um Majestoso, o São Paulo confirmou a transferência do meia Paulo Henrique Ganso para o Sevilla, da Espanha. Neste sábado, o camisa 10 não participou do treino e já se despediu do elenco tricolor. Em comunicado oficial ao site do clube, Ganso agradeceu o apoio dos são-paulinos e destacou a postura da direção por entender seu 'desejo profissional'.

- Gostaria de agradecer ao São Paulo por tudo que representou em minha vida. O clube ficará marcado para sempre no meu coração. Agradeço especialmente ao presidente Leco por ter entendido o meu desejo profissional. Acredito que esse seja o momento ideal para encarar o desafio de jogar na Europa - declarou ao site oficial do São Paulo.

Leco, presidente do São Paulo, falou do sentimento de tristeza ao comentar sobre a transferência do jogador, estimada em 9,5 milhões de euros (cerca de R$ 34,4 milhões). Esses 500 mil euros (R$ 1,8 milhão) ficariam com Ganso, que abriu mão da quantia. Essas cifras agora devem ser destinadas pelo clube espanhol como forma de comissão, mas não se sabe quem será o beneficiado.

- O São Paulo não tem como negar sua tristeza pela perda de um jogador com tanta qualidade e que tanto fez pelas nossas cores. Atendemos a um sonho dele de fazer essa etapa mais madura da sua vida profissional na Europa e não poderia deixar de aceitar esse pedido de quem sempre nos foi leal e profissional - disse o presidente Leco.

As negociações para a venda de Ganso começaram no fim de junho, mas só foram concluídas neste sábado. Os espanhóis pretendem pagar o valor de 2,2 milhões de euros por ano (cerca de R$660 mil por mês) ao jogador, já descontado os impostos. Ganso ganhará praticamente o dobro do que recebia no São Paulo, clube pelo qual conquistou a Copa Sul-Americana de 2012.

O Tricolor ficará com 4,5 milhões de euros (R$ 16,3 milhões pela transação, mesma quantia destinada ao grupo DIS. A diferença é que o clube paulista tem bônus por meta de jogos do Maestro pelo Sevilla, que pode elevar o montante para 5,75 milhões de euros (cerca de R$ 20,8 milhões). Já a DIS terá direito a 20% de uma futura venda do meia no clube espanhol.