LANCE!
16/08/2017
17:41
Nápoles (ITA)

O Estádio San Paolo estava em festa para receber o Napoli pelos playoffs da Liga dos Campeões. E os fanáticos torcedores saíram felizes. Com grande atuação do sistema ofensivo, a equipe italiana venceu o Nice por 2 a 0, com gols de Mertens e Jorginho. E o placar poderia ter sido ainda mais dilatado por conta das inúmeras chances perdidas pelos napolitanos. 

Agora, o Napoli pode perder por um gol de diferença, na França, que avança à fase de grupos da competição continental. Derrota por dois de desvantagem  (3 a 1, 4 a 2...) também garante os italianos. 

O Napoli começou a partida em cima, não dando trégua ao Nice. Os franceses batiam cabeça e não se encontravam na defesa, oferecendo espaços consideráveis aos italianos. Nem os três zagueiros eram capazes de segurar Insigne, Mertens e Callejón, com Hamsik chegando com perigo de trás.

As chances foram se acumulando, uma atrás da outra. Nos dez primeiros minutos, o Napoli já havia perdido três oportunidades. A melhor delas com Callejón, que cabeceou livre de dentro da pequena área, mas inacreditavelmente mandou para fora.

De tanto pressionar, o Napoli abriu o placar aos 12 minutos. Mertens recebeu lindo passe de Insigne, driblou o goleiro Cardinale e tocou para balançar a rede. O atacante belga era o mais perigoso e, apesar do gol marcado, perdeu um caminhão de chances.

Em uma das poucas aparições no ataque no primeiro tempo, o Nice quase empatou. Jallet tocou para Koziello, que bateu cruzado, raspando a trave de Reina. Saint Maximin teve outra chance para os franceses no fim, mas a bola foi para fora.

A segunda etapa começou com o Napoli novamente em cima, em busca do segundo gol, que daria uma vantagem enorme na partida de volta. Insigne teve logo duas oportunidades, uma delas pegando na trave. Os italianos mostravam grande volume de jogo e saíam com grande velocidade, deixando os defensores do Nice atordoados.

Napoli x Nice
Dante foi titular do Nice (Foto: AFP)

O Napoli não deixava o Nice respirar. Souquet quase fez contra e mandou na trave. Mas aos 24, não teve jeito. Jallet fez pênalti em Mertens. O brasileiro naturalizado italiano Jorginho foi para a cobrança e deslocou Cardinale para fazer o segundo.

Aproveitando a euforia pelo segundo gol, o Napoli manteve a pressão. Em lance no meio de campo, o Nice perdeu Koziello por falta feia em Zielinski. Por reclamação, Pléa também acabou expulso, deixando os franceses com dois a menos.

A vantagem numérica fez o Napoli aumentar ainda mais a pressão. O terceiro gol só não saiu por conta de uma incrível furada de Milik dentro da área. Os anfitriões ainda chegaram com perigo em outras oportunidades, mas não conseguiram ampliar o marcador.

CELTIC DÁ PASSO GIGANTESCO

O Celtic praticamente carimbou sua classificação à fase de grupos da Liga dos Campeões ao bateu, na Escócia, o Astana por 5 a 0. Postnikov (contra), Sinclair (2), Forrest e Griffiths marcaram para os britânicos.

No jogo de volta, que será realizado na próxima terça-feira, os escoceses podem perder por quatro gols de diferença que avançam.

Celtic x Astana
Celtic praticamente garantiu classificação (Foto: Divulgação)

Em casa, o Celtic abriu dois gols logo no primeiro tempo. Aos 32 minutos, Rogic fez boa jogada pela direita e mandou para o gol. A bola iria para fora, mas Postnikov mandou contra o próprio patrimônio. O segundo saiu com Sinclair, que apareceu livre e mandou na saída do goleiro.

Na etapa final, o Celtic não quis admistrar a já boa vantagem. Aos 15 minutos, Griffiths tocou para Sinclair, que fez o terceiro para os escoceses.

Griffiths estava inspirado nas assistências. Aos 34 minutos, ele recebeu lançamento, esperou a passagem de Forrest e tocou. O atacante aproveitou o passe e bateu cruzado para fazer o quarto. No fim, Griffiths recebeu pela direita, deu um lindo corte no zagueiro e fez um bonito gol.

OLYMPIACOS VENCE EM CASA

Em Atenas, o Olympiacos  venceu por 2 a 1 o Rijeka, da Croácia. A equipe grega saiu atrás do marcador após gol de Heber, mas Odjidja-Ofoe e Romao garantiram a virada.

Agora, os gregos podem empatar na Croácia que avançam à fase de grupos da Liga dos Campeões. No entanto, vitória por 1 a 0 dá a vaga ao Rijeka.