LANCE!
14/11/2016
11:40
Barcelona (ESP)

A relação entre Messi e Barcelona (ESP) pode estar próxima do fim. O diário espanhol "Marca" noticiou com destaque, nesta terça-feira, que o craque argentino, durante as férias, avisou à diretoria do clube catalão que não está disposto a renovar contrato, que termina em junho de 2018. Segundo a publicação, o jogador, depois de pensar muito, teria tomado a decisão de atuar pelo Barcelona por apenas mais um ano e meio. Ele, então, teria avisado ao pai e a mais uma pessoa, que passou a informação ao presidente do Barça, Josep María Bartomeu.

Messi, inclusive, teria cogitado deixar o clube antes do término do contrato, mas, em uma tentativa de fazê-lo mudar de ideia, a diretoria o alertou sobre a cláusula que apontava multa de 250 milhões de euros (cerca de R$ 935 milhões) em caso de rompimento.

Toda essa situação teria ocorrido em julho e, segundo o jornal, desde então não houve mais comunicação oficial entre o jogador argentino e a diretoria do Barça.

Ainda de acordo com o "Marca", a questão judicial de Messi, que é acusado de uma fraude fiscal milionária, também pesou para que ele tomasse tal decisão.

O fato de Messi ter dado adeus à seleção argentina e, depois, voltado atrás, é uma das coisas às quais a cúpula do Barcelona tem se apegado para ficar mais tranquila quanto à negociação pela permanência por um período maior.

Bartomeu sabe que a missão não parece ser das mais fáceis. Em entrevista ao "The Telegraph" no começo de novembro, e reproduzida pelo "Marca", o mandatário ressalta alguns dos argumentos para tentar ficar com Messi.

"Em dois meses, vamos iniciar as conversações com Messi para a renovação. Não sei o que vai acontecer no futuro, mas sempre tentaremos explicar que ele está no melhor clube do mundo. Este é o melhor lugar para ele e está tendo a melhor experiência de vida dele com a gente".

O "Marca" questiona ainda se o Manchester City (ING), que atualmente tem Pep Guardiola como treinador, seria um provável destino. O Barcelona, por sua vez, estaria disposto a oferecer um time competitivo para o jogador possa continuar evoluindo e lutando por conquistas, além de um respaldo institucional que ele possa considerar que faltou no passado.

Messi está no Barcelona desde os 13 anos e o último contrato assinado com o clube foi em 2014.