Messi - Argentina x Panamá

Messi afirmou que não defenderia mais a seleção. Mas voltou atrás (Foto: Omar Torres/AFP)

LANCE!
12/08/2016
16:38
Barcelona (ESP)

Mais de um mês depois de anunciar que não defenderia mais a seleção argentina, o atacante Messi voltou atrás. Nesta sexta-feira, ele divulgou um comunicado no qual confirma o retorno à Albiceleste. O craque renunciou à equipe, no fim de junho, após derrota para o Chile, na final da Copa América Centenária, nos Estados Unidos.

- Vejo muito problemas no futebol argentino e não quero criar mais um. Me passaram muitas coisas pela cabeça e pensei seriamente em deixar o time. Mas volto porque amo muito o meu país e esta é minha camiseta - afirmou o craque do Barcelona.

O adeus precoce de Messi gerou muita comoção na Argentina. Ídolos do país e até o presidente Mauricio Macri pediram para o camisa 10 refletir sobre a decisão. Em Buenos Aires, milhares de pessoas foram ao Obelisco para fazer o atacante do Barcelona mudar de ideia.

- Agradeço a toda a essa gente que me pediu para seguir jogando pela Argentina. Espero dar uma alegria o mais rápido possível - escreveu La Pulga.

Messi estará na lista do técnico Edgardo Bauza para os próximos dois jogos da seleção argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. A Albiceleste encara o Uruguai, no dia 1º de setembro, em Mendoza, e a Venezuela, no dia 6 do mesmo mês, em Mérida.