LANCE!
17/02/2016
17:19
Gijón (ESP)

O Barcelona entrou em campo nesta quarta-feira pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol, em partida que estava atrasada por causa da participação do time no Mundial de Clubes. Acabou que, fora de casa, o jogo entrou para a história. Os catalães ganharam por 3 a 1, mas o que vai marcar vai ser o 300º gol de Messi pelo torneio. Ele ainda fez mais um e Suárez completou o placar. De quebra, o Barcelona disparou na liderança.

Com este resultado, o Barcelona atinge 60 pontos em 24 partidas disputadas. Já são seis de vantagem sobre o vice-líder, Atlético de Madrid, e sete em relação ao Real Madrid, terceiro colocado. No fim de semana, o Barça visita o Las Palmas, enquanto o Sporting Gijón, que ocupa a 16ª colocação, joga fora contra o Betis.

Luis Enrique rodou o elenco. Deixou Mascherano, Daniel Alves e Iniesta no banco, e ainda não teve Alba. Porém, manteve o seu poderoso trio de frente com Messi, Suárez e Neymar. E foram eles que resolveram a partida, com muito apoio do meio formado por Busquets, Rakitic e Arda Turan.

No meio do primeiro tempo o jogo ficou animado e teve três gols em seis minutos, e outros poderiam ter saído. De fora da área, mas de frente para o gol, Messi limpou os rivais, puxou a bola para a esquerda e chutou. Ainda teve um leve desvio antes de entrar.

Logo na sequência, no primeiro ataque do Gijón, veio o empate. Em jogada veloz de ataque e muitas trocas de passes, Menendez tocou para o meio da área, Busquets não alcançou a marcação e Castro tocou para o gol. Mas o Barça não ficaria com o placar igualado por muito tempo. Messi e Suárez fizeram uma bela troca de passes e o argentino encheu o pé para botar o Barcelona novamente na frente.

Pouco depois, Neymar queria o dele e acertou na trave, quase no ângulo do goleiro Cuellar. Já na etapa final, o brasileiro foi derrubado na área e a arbitragem marcou pênalti. Messi cedeu seu lugar a Suárez, mas o uruguaio desperdiçou.

Porém, o camisa 9 não saiu em branco. Apenas cinco minutos depois do pênalti desperdiçado, recebeu de Vidal na área, saiu da marcação e chutou bonito para dar números finais ao jogo.