Messi

(Arte de Henrique Assale e Juvenal Dias)

LANCE!
17/04/2016
16:55
Barcelona (ESP)

Messi bateu os 499 gols na carreira pela seleção argentina, e na sequência passou cinco partidas em branco. Porém, enfim saiu o 500. O craque atingiu a marca histórica neste domingo, contra o Valencia, pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol. Aos 17 minutos da segunda etapa, o hermano marcou no momento em que os catalães perdiam por 2 a 0, no Camp Nou. Veja abaixo algumas curiosidades e números do argentino.

Messi - Barcelona
Messi no jogo do gol número 500 (Foto: AFP/LLUIS GENE)

450 PELO BARÇA
Dos 500 gols de Messi, 450 foram pelo Barcelona, enquanto 50 pela seleção argentina. É o grande marcador da história do clube catalão, e faltam seis para encostar em Batistuta pela Albiceleste. Como era de se esperar, o torneio que ele mais balançou as redes foi o Campeonato Espanhol. Marcou 309 vezes. É o maior artilheiro da história do torneio, deixando Cristiano Ronaldo, com 255, na segunda posição.

NA LIGA DOS CAMPEÕES

Ainda dissecando os gols pelo Barcelona, ele tem 83 pela Liga dos Campeões. São oito a menos que Cristiano Ronaldo, grande artilheiro do torneio. Outros 39 foram pela Copa do Rei, 11 pela Supercopa da Espanha, cinco no Mundial de Clubes e mais três pela Supercopa da Europa.

MAIOR VÍTIMA
Ainda com a camisa do Barça, o Atlético de Madrid passou ileso de passar a ser sozinho a maior vítima, já que o craque não marcou nos jogos da Liga dos Campeões nas últimas semanas. O Colchonero está empato com o Sevilla, ambos com 25. O Real Madrid vai na sequência com 21. Quem sempre foi uma pedra no sapato foi o Chelsea. Em oito jogos, os Blues nunca levaram gols do craque. Em toda a história, Daniel Alves é o seu grande companheiro, deu 40 assistências. Iniesta tem 35, e Xavi, 32.

NA SELEÇÃO
Entre seleções, suas maiores vítimas são Brasil e Paraguai. Ambos levaram quatro gols do craque. No total, marcou 27 vezes em amistosos, 15 nas Eliminatórias, cinco na Copa do Mundo, e mais cinco na Copa América.

CANHOTINHA
Dos 500 gols, 406 foram de pé esquerdo, e 71 com o "pé ruim". Além de 21 de cabeça, um de peito, e ainda teve um de mão.

O ÁPICE
Sua melhor temporada foi 2011/12, em que marcou 85 gols, sendo 73 pelo Barcelona e 12 pela Argentina. Nos outros anos: 2004/05 (um), 2005/06 (10), 2006/07 (23), 2007/08 (18), 2008/09 (41), 2009/10 (49), 2010/11 (57), 2012/13 (66), 2013/14 (49), 2014/15 (62) e 2015/16 (39).