RADAR/LANCE!
17/04/2016
17:20
Barcelona (ESP)

Não foi neste domingo que o Barcelona evitou a pior sequência negativa do clube em sete anos. Diante do Valencia, no Camp Nou, Messi chegou ao seu gol de número 500, mas não conseguiu diminuir o drama do Barça, que sofreu a quarta derrota consecutiva, por 2 a 1, pela 33ª rodada da competição.


Os gols, marcados por Guilherme Siqueira e Santi Mina, e a atuação heroica de Diego Alves fizeram o líder Barcelona estacionar nos 76 pontos, mesmo número somado pelo Atlético de Madrid, vice-líder, e um a mais que o Real Madrid, terceiro colocado.

Em busca de seu gol de número 500, Messi, que estava há cinco jogos sem marcar, teve três boas chances na primeira etapa. E todas ficaram nas mãos do goleiro brasileiro, que ainda evitou um gol de Neymar.

Com uma posse de bola bem inferior, os visitantes não se limitaram a defender e foram premiados. Guilherme Siqueira, contando com vacilo de Claudio Bravo, e Mina, que tocou na saída do arqueiro chileno no fim do primeiro tempo, anotaram para a equipe de Pako Ayestaran. 

Na segunda etapa, o Barcelona, que teve Daniel Alves, envolvido em uma polêmica nesta semana, no banco de reservas e Neymar pouquíssimo inspirado, fez a já conhecida blitz em seu campo ofensivo. E isto acabou resultando em um gol histórico. Após cruzamento de Jordi Alba, Messi pegou de primeira para, não só diminuir o placar, mas chegar à marca de 500 gols na carreira. 

Apesar de pressionar e se expor do gol de Messi até o os últimos minutos, o Barcelona não conseguiu ser eficiente para, pelo menos, marcar mais um gol e chegar ao empate.

Agora, o Barcelona tentará voltar ao caminho das vitórias contra o Deportivo La Coruña, fora de casa, nesta quarta-feira. O Valencia, agora 12º na tabela, encara o Eibar, diante de seu torcedor.