Pastore em ação pela Argentina em jogo contra o Paraguai (Foto: AFP/Juan Mabromato)

Pastore em ação pela Argentina em jogo contra o Paraguai (Foto: AFP/Juan Mabromato)

LANCE!
17/11/2015
09:43
Bogotá (COL)

Um dos principais jogadores do PSG, o meia Javier Pastore revelou nesta segunda-feira que perdeu dois amigos nos atentados de sexta-feira, em Paris. Para o jogador, que foi cortado dos jogos contra o Brasil e Colômbia devido a uma lesão muscular, será 'chocante' voltar à França.

- Estou muito triste com o que ocorreu na França, porque não é só com os franceses, mas todo o mundo está sofrendo com o que aconteceu. E é muito mais triste porque dois amigos meus que foram ao concerto (no Bataclan) morreram - revelou o apoiador, à emissora argentina "Teleocho".

Pastore comentou que sua mulher e filha estão na Itália, o que o deixa um 'pouco mais tranquilo'.

- Eu tenho que voltar porque trabalho lá (em Paris) e tenho a responsabilidade de ir. Vai ser chocante voltar e ver a cidade após uma situação tão feia. É trágico. Este tipo de coisa não pode acontecer, não deveria ocorrer. Espero que essas coisas possam ser solucionadas e que possamos viver com um pouco mais de paz.

O argentino se refere aos atentados terroristas de sexta-feira, em Paris, que deixaram 129 mortos e cerca de 350 feridos. O Estado Islâmico assumiu a autoria dos ataques.