Eva Carneiro era chefe do departamento médico do Chelsea (Foto: AFP)

Eva Carneiro era chefe do departamento médico do Chelsea (Foto: AFP)

LANCE!
30/03/2016
13:36
Londres (ING)

Após deixar o Chelsea por ter brigado com o então técnico José Mourinho em novembro, a médica Eva Carneiro largou o futebol. De acordo com o "The Sun", ela vai trabalhar em uma clínica em Gibraltar, onde nasceu.

No site da instituição onde vai trabalhar, Eva Carneiro é descrita como 'especialista no tratamento de atletas e outros indivíduos fisicamente ativos'.

A polêmica com José Mourinho começou durante um jogo do Chelsea, quando a médica foi socorrer o belga Eden Hazard, que havia se machucado nos minutos finais do jogo contra o Swansea. Mas o técnico ficou irritado quando Eva tirou o meia de campo para o atendimento, uma vez que o Chelsea já estava com um jogador a menos após a expulsão de Courtois.

Por conta da demora no socorro ao jogador, Mourinho se revoltou e chamou a profissional de 'impulsiva' e 'ingênua'.

Diante dos fatos, Eva Carneiro decidiu abandonar os Blues, entrando com um processo contra o clube e José Mourinho. O comandante já deixou o Chelsea, sendo substituído por Guus Hiddink. Mas, no tribunal, a disputa ainda não teve um ponto final.