icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
19/08/2015
19:15

O meia Marlos, ex-jogador do São Paulo, foi o grande responsável pela importante vitória do Shakhtar Donetsk sobre o Rapid Viena por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Áustria, pela partida de ida da última fase preliminar da Liga dos Campeões da Europa. Com o triunfo, a equipe só precisa de um empate na próxima semana, diante de sua torcida, para se garantir na fase de grupos da competição continental.

O único gol do jogo saiu aos 44 minutos do primeiro tempo. Após receber belo cruzamento do ucraniano Yaroslav Rakitskiy, Marlos dominou com categoria, cortou o zagueiro e bateu de direita para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do camisa 11 no torneio e o segundo na atual temporada. Feliz pela vitória e por mais uma boa atuação, o brasileiro, titular nas nove partidas do clube neste início de temporada, falou sobre o duelo.

- Essa vitória foi importante demais. Enfrentar o time deles é muito difícil, ainda mais na Áustria, com a torcida apoiando durante todo o tempo. Nós conquistamos uma vantagem muito boa, mas não podemos achar que será fácil. Se quisermos seguir na competição, teremos que jogar com a mesma intensidade de hoje, como já tínhamos feito contra o Fernerbahçe na fase anterior - analisou o meia, em alusão aos jogos contra o clube turco, quando o Shakhtar empatou em 0 a 0 na Turquia e venceu por 3 a 0 na Ucrânia.

Além de Marlos, outros quatro brasileiros também foram titulares pelo Shakhtar no confronto desta tarde: Márcio Azevedo, Alex Teixeira, Fred e Taison. Os atacantes Bernard e Eduardo da Silva entraram no decorrer do jogo.

A partida de volta entre Shakhtar e Rapid Viena será realizada na próxima terça-feira, em L’viv. Antes, porém, o time enfrentará o Arsenal Kiev, no sábado, pela sexta rodada do Campeonato Ucraniano. Após cinco partidas, a equipe está na terceira colocação na competição nacional, com dez pontos, cinco atrás do líder Dinamo de Kiev.

O meia Marlos, ex-jogador do São Paulo, foi o grande responsável pela importante vitória do Shakhtar Donetsk sobre o Rapid Viena por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Áustria, pela partida de ida da última fase preliminar da Liga dos Campeões da Europa. Com o triunfo, a equipe só precisa de um empate na próxima semana, diante de sua torcida, para se garantir na fase de grupos da competição continental.

O único gol do jogo saiu aos 44 minutos do primeiro tempo. Após receber belo cruzamento do ucraniano Yaroslav Rakitskiy, Marlos dominou com categoria, cortou o zagueiro e bateu de direita para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do camisa 11 no torneio e o segundo na atual temporada. Feliz pela vitória e por mais uma boa atuação, o brasileiro, titular nas nove partidas do clube neste início de temporada, falou sobre o duelo.

- Essa vitória foi importante demais. Enfrentar o time deles é muito difícil, ainda mais na Áustria, com a torcida apoiando durante todo o tempo. Nós conquistamos uma vantagem muito boa, mas não podemos achar que será fácil. Se quisermos seguir na competição, teremos que jogar com a mesma intensidade de hoje, como já tínhamos feito contra o Fernerbahçe na fase anterior - analisou o meia, em alusão aos jogos contra o clube turco, quando o Shakhtar empatou em 0 a 0 na Turquia e venceu por 3 a 0 na Ucrânia.

Além de Marlos, outros quatro brasileiros também foram titulares pelo Shakhtar no confronto desta tarde: Márcio Azevedo, Alex Teixeira, Fred e Taison. Os atacantes Bernard e Eduardo da Silva entraram no decorrer do jogo.

A partida de volta entre Shakhtar e Rapid Viena será realizada na próxima terça-feira, em L’viv. Antes, porém, o time enfrentará o Arsenal Kiev, no sábado, pela sexta rodada do Campeonato Ucraniano. Após cinco partidas, a equipe está na terceira colocação na competição nacional, com dez pontos, cinco atrás do líder Dinamo de Kiev.