Lucas - PSG x Olympique de Marseille (Foto: Miguel Medina/AFP)

Lucas marcou três gols nesta temporada (Foto: Miguel Medina/AFP)

LANCE!
24/11/2015
12:43
Paris (FRA)

A chegada de Di María no início desta temporada tirou um pouco o espaço de um brasileiro no PSG. Lucas Moura, que disputa posição direta com o argentino, acabou voltando para a reserva do time francês. Nada que abale o jogador, que vem sendo utilizado pelo técnico Laurent Blanc com frequência. Em 19 jogos do time gaulês, ele participou de 16, sendo 11 como titular. No entanto, em duelos mais importantes, como é o caso da Liga dos Campeões, o ex-são-paulino tem ficado como opção.

- Após a chegada de Di María, eu perdi um pouco de tempo em campo. Mas isso é normal. Há sempre a concorrência com os grandes jogadores. Se um jogador é titular, outro pode entrar e fazer a diferença. Isso permite que o PSG vença, e eu também, porque eu vou trabalhar mais para conseguir meu lugar. Isso é o que eu estou fazendo. Eu trabalho muito duro no treino e quando eu jogo, estou fazendo tudo que posso para ajudar a equipe - comentou o camisa 7, em entrevista à rádio "RMC".

Lucas revelou que vem tendo conversas com o treinador e que ouve os seus conselhos. Apesar disso, se vê em uma situação complicada no PSG.

- Ele fala comigo. Isso me ajuda um pouco. Eu sempre ouço as pessoas mais velhas que eu, que têm mais experiência. Tenho sorte por trabalhar com grandes jogadores, que venceram muitas coisas. Isso me permite progredir muito. Eu ouço e tento o meu melhor. É muito difícil ficar no banco e não poder fazer o que você ama, mas é assim, é futebol. O treinador só pode escolher 11 jogadores para começar. Eu tenho que respeitar sua decisão e esperar minha chance, mas é muito difícil. Todos os jogadores do mundo querem estar em campo.

Nos 16 jogos que entrou em campo nesta temporada, Lucas marcou três gols. Todos eles em jogos do Campeonato Francês.