LANCE!
18/05/2016
17:40
Basileia (SUI)

A Uefa precisa urgentemente rebatizar a Liga Europa de "Liga Sevilla". Nesta quarta-feira, o time espanhol conquistou a competição pela quinta vez, a terceira consecutiva. O título veio com um triunfo categórico sobre o tradicional Liverpool por 3 a 1, no St. Jakob-Park, na Basileia, Suíça. Após um primeiro tempo ruim, os espanhóis mostraram aos Reds por que são os donos do segundo torneio mais importante de clubes do Velho Continente.


Com o resultado, o Sevilla se garante na Liga dos Campeões da Europa, ou seja, só disputará a Liga Europa novamente se cair na fase de grupos da Champions como o terceiro colocado. É tudo o que os próximos participantes da Europa League não querem. Já o Liverpool se contentará com apenas campeonatos domésticos na próxima temporada.

Duas equipes com propostas diferentes em campo. O Liverpool, ofensivo, com meias agressivos. O Sevilla, mais cauteloso, com mais volantes do que armadores. O primeiro tempo foi dos Reds, que ainda reclamaram, com razão, de dois pênaltis ignorados pela arbitragem.

Os ingleses foram chegando com mais perigo e aumentando o poder ofensivo a cada jogada. Aos 35 minutos, Coutinho encontrou Sturridge, que completou de trivela para balançar a rede. O gol deixou o Sevilla nas cordas até o apito final. O intervalo acabou salvando os espanhóis, tamanho o domínio dos Reds e a proximidade de um placar mais dilatado para o adversário.

O segundo tempo foi completamente diferente. O Sevilla acordou e voltou ao gramado com sangue nos olhos. O Liverpool assumiu a etapa final como tragédia. Bastaram 17 segundos para Mariano fazer boa jogada, cruzar e colocar Gameiro sozinho para empatar o jogo. Os andaluzes tomaram conta, enquanto os ingleses sumiram. Vitolo colocou entre as pernas de Lovren. Coke completou a jogada, colocando no cantinho de Mignolet.

Para aumentar o drama dos Reds, Banega lançou para a área. A bola desviou em dois jogadores do Liverpool para deixar Coke livre para fazer o terceiro dos espanhóis. Os momentos seguintes foram de mais aflição. Alterações que não resultaram em nada e um futebol bem pobre. Nem o "You Will Never Walk Alone" do público animou a turma do técnico Jürgen Klopp.

Ao Sevilla, só bastou esperar o jogo acabar para comemorar mais um título da Liga Europa. A fatura estava liquidada desde os 25 minutos.

FICHA TÉCNICA

LIVERPOOL 1 x 3 SEVILLA

Local: St. Jakob-Park, na Basileia (SUI)
Data e hora: 18 de maio de 2016, às 15h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)
Auxiliares: Mathias Klasenius (SUE) e Daniel Wärnmark (SUE)
Cartão Amarelo: Lovren, Origi, Clyne (LIV); Vitolo, Banega, Mariano (SEV)
Cartão Vermelho:
Gols: Sturridge, 35'/1ºT (1-0); Gameiro, 17''/2ºT (1-1), Coke, 19'/2ºT (1-2); Coke, 25'/2ºT (1-3)

LIVERPOOL: Mignolet, Clyne, Touré (Benteke, 37'/2ºT), Lovren e Moreno; Can, Milner, Lallana (Allen, 26'/2ºT), Philippe Coutinho; Firmino (Origi, 23'/2ºT) e Sturridge. Técnico: Jürgen Klopp.

SEVILLA: Soria, Mariano, Rami (Kolo, 33'/2ºT), Carriço e Escudero; Krychowiak, N'Zonzi, Banega (Cristoforo, 47'/2ºT) e Coke; Vitolo e Gameiro (Iborra, 43'/2ºT); Técnico: Unai Emery.