Deportivo Cali (Foto: Site Oficial)

Deportivo Cali é vertiginoso ofensivamente, mas toma muitos gols (Foto: Site Oficial)

RADAR / LANCE!
22/02/2016
15:58
Cali (COL)

Campeão do Torneio Apertura em território colombiano, o Deportivo Cali desembarca na Copa Libertadores com uma tarefa para lá de árdua. Os Azucareros iniciam sua caminhada no Grupo 3 logo de cara reeditando a final de 1978 da competição, contra o fortíssimo Boca Juniors.

Além disto, o Deportivo Cali terá de encarar o titã Racing. Nem mesmo a tradição local (foi campeão nacional nove vezes) e a chegada da dupla Fabian Sambueza e Nicolas Bianchi foram suficientes para deixar a imprensa colombiana otimista quanto à chance de a equipe estar em pé de igualdade com os argentinos.

A falta de solidez defensiva também desanima às vésperas da Copa Libertadores. A equipe levou gols em todos os jogos do Campeonato Colombiano de 2015.

Porém, Boca Juniors e Racing não devem subestimar a força ofensiva dos Azucareros. Trata-se de uma equipe vertiginosa, que ataca em velocidade, aproveitando a juventude dos atacantes Preciado e Gorré, que fazem muitos gols e se entendem à perfeição. Além da dupla de frente, o capitão André Pérez é outro destaque.

O treinador Fernando Castro, reconhecido na Colômbia por fazer questão de que seus times tenham muito rigor tático, escala o Deportivo Cali atualmente no 4-2-2-2: Hernández: Palácios, Mera, Bianchi, Banguero; Pérez, Palanca, Sambueza, Roa, Preciado e Gorré.