icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
25/08/2015
16:03

A equipe sul-coreana do Jeonbuk e o Gamba Osaka do Japão fazem nesta quarta-feira uma das partidas de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia. Camisa dez e um dos maiores destaques do clube coreano, o brasileiro Leonardo destaca a relevância do confronto para o seu time e afirma que a postura dele, por estar atuando em casa, terá que ser ofensiva.

- Será uma das partidas mais importantes do ano, já que queremos muito vencer essa competição, que é a mais importante do continente. Estamos há quase dois meses sem atuar pela AFC e a expectativa é grande. Como jogaremos em casa, a obrigação de tomar as rédeas da partida e vencer é nossa, sabemos disso. A decisão da vaga será no Japão e para chegarmos ao segundo jogo com tranquilidade, não podemos tropeçar na primeira etapa desse jogo de 180 minutos - disse o capixaba.

Vindo de uma derrota na liga sul-coreana no final de semana (lidera com sete pontos de distância sobre o segundo colocado), o Jeonbuk precisa esquecer o mau resultado e ter na mente, ao menos até o final do jogo desta quarta, apenas a equipe japonesa, afirma Leo.

- Certamente preferiríamos vir de uma vitória, mas não foi o caso e temos que ignorar isso e pensar apenas no Gamba. Estamos muito bem preparados, pois estudamos muito a equipe deles nesses dois últimos dias. Vimos que têm boa qualidade, e que se não jogarmos próximo do nosso limite, será muito difícil superá-los - concluiu.

A equipe sul-coreana do Jeonbuk e o Gamba Osaka do Japão fazem nesta quarta-feira uma das partidas de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia. Camisa dez e um dos maiores destaques do clube coreano, o brasileiro Leonardo destaca a relevância do confronto para o seu time e afirma que a postura dele, por estar atuando em casa, terá que ser ofensiva.

- Será uma das partidas mais importantes do ano, já que queremos muito vencer essa competição, que é a mais importante do continente. Estamos há quase dois meses sem atuar pela AFC e a expectativa é grande. Como jogaremos em casa, a obrigação de tomar as rédeas da partida e vencer é nossa, sabemos disso. A decisão da vaga será no Japão e para chegarmos ao segundo jogo com tranquilidade, não podemos tropeçar na primeira etapa desse jogo de 180 minutos - disse o capixaba.

Vindo de uma derrota na liga sul-coreana no final de semana (lidera com sete pontos de distância sobre o segundo colocado), o Jeonbuk precisa esquecer o mau resultado e ter na mente, ao menos até o final do jogo desta quarta, apenas a equipe japonesa, afirma Leo.

- Certamente preferiríamos vir de uma vitória, mas não foi o caso e temos que ignorar isso e pensar apenas no Gamba. Estamos muito bem preparados, pois estudamos muito a equipe deles nesses dois últimos dias. Vimos que têm boa qualidade, e que se não jogarmos próximo do nosso limite, será muito difícil superá-los - concluiu.