icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/08/2015
17:45

Convocado para a Seleção Brasileira no lugar de Daniel Alves, o lateral-direito Fabinho teve uma tarde infeliz nesta terça-feira. Poucas horas depois de ser chamado por Dunga para amistosos contra a Costa Rica e Estados Unidos, em setembro, o jogador falhou feio na queda do Monaco para o Valencia, na última fase eliminatória da Liga dos Campeões, mesmo com o triunfo por 2 a 1, no Principado. No agregado, 4 a 3 para os espanhóis, qualificados para a fase de grupos do torneio.



Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, Fabinho entregou de graça para o atacante Negredo, que, por cobertura, abriu o placar para o Valencia.

O Monaco teve força para reagir quando era inferior ao adversário. Ainda na primeira etapa, o zagueiro Raggi aproveitou saída equivocada do goleiro Ryan e deixou tudo igual.

Na etapa final, o Monaco veio para cima. Em confusão na área, Carrillo conseguiu completar para o gol e deixar os monegascos na frente pela primeira vez na série. No entanto, os franceses morreram na praia.

Pela primeira vez, a Espanha consegue emplacar cinco representantes na fase de grupos. Além do Valencia, Real Madrid, Barcelona, Sevilla e Atlético de Madrid brigarão pela Orelhuda.

OUTROS JOGOS

Shakhtar Donetsk passou apuros, mas conseguiu avançar na competição (Foto: AFP)


O Shakhtar Donetsk levou um susto ao sofrer uma virada, mas conseguiu a classificação à fase de grupos ao empatar com o Rapid Viena em 2 a 2, em Lviv. O meia brasileiro Marlos anotou um dos gols dos ucranianos.

No primeiro jogo, na semana passada, na Áustria, o Shakhtar havia vencido por 1 a 0.

Já o tradicional Celtic se deu mal. Na ida, os escoceses venceram o Malmo por 3 a 2. Nesta terça-feira, na Suécia, derrota do alviverdes por 2 a 0 e adeus à chance de disputar a fase de grupos da Champions.

Na Croácia, o Dinamo de Zagreb não encontrou dificuldade para despachar o Skenderbeu por 4 a 1. No agregado, 5 a 2 para a equipe da capital croata.

O Basel, que chegou às oitavas de final na edição passada, se despediu da Champions ao empatar com o Maccabi Tel Aviv em 1 a 1. Na ida, na Suíça, 2 a 2, resultado que tira o time da Basileia no saldo de gols.

Convocado para a Seleção Brasileira no lugar de Daniel Alves, o lateral-direito Fabinho teve uma tarde infeliz nesta terça-feira. Poucas horas depois de ser chamado por Dunga para amistosos contra a Costa Rica e Estados Unidos, em setembro, o jogador falhou feio na queda do Monaco para o Valencia, na última fase eliminatória da Liga dos Campeões, mesmo com o triunfo por 2 a 1, no Principado. No agregado, 4 a 3 para os espanhóis, qualificados para a fase de grupos do torneio.



Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, Fabinho entregou de graça para o atacante Negredo, que, por cobertura, abriu o placar para o Valencia.

O Monaco teve força para reagir quando era inferior ao adversário. Ainda na primeira etapa, o zagueiro Raggi aproveitou saída equivocada do goleiro Ryan e deixou tudo igual.

Na etapa final, o Monaco veio para cima. Em confusão na área, Carrillo conseguiu completar para o gol e deixar os monegascos na frente pela primeira vez na série. No entanto, os franceses morreram na praia.

Pela primeira vez, a Espanha consegue emplacar cinco representantes na fase de grupos. Além do Valencia, Real Madrid, Barcelona, Sevilla e Atlético de Madrid brigarão pela Orelhuda.

OUTROS JOGOS

Shakhtar Donetsk passou apuros, mas conseguiu avançar na competição (Foto: AFP)


O Shakhtar Donetsk levou um susto ao sofrer uma virada, mas conseguiu a classificação à fase de grupos ao empatar com o Rapid Viena em 2 a 2, em Lviv. O meia brasileiro Marlos anotou um dos gols dos ucranianos.

No primeiro jogo, na semana passada, na Áustria, o Shakhtar havia vencido por 1 a 0.

Já o tradicional Celtic se deu mal. Na ida, os escoceses venceram o Malmo por 3 a 2. Nesta terça-feira, na Suécia, derrota do alviverdes por 2 a 0 e adeus à chance de disputar a fase de grupos da Champions.

Na Croácia, o Dinamo de Zagreb não encontrou dificuldade para despachar o Skenderbeu por 4 a 1. No agregado, 5 a 2 para a equipe da capital croata.

O Basel, que chegou às oitavas de final na edição passada, se despediu da Champions ao empatar com o Maccabi Tel Aviv em 1 a 1. Na ida, na Suíça, 2 a 2, resultado que tira o time da Basileia no saldo de gols.