icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/08/2015
15:13

Há muito tempo o torcedor brasileiro não escutava falar sobre o meia-atacante Lanzini. Neste sábado, porém, ele colocou um fim no "sumiço" e marcou um dos gols da vitória do West Ham sobre o Liverpool por 3 a 0, em pleno Anfield Road, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Inglês.

Bem antes de ser um dos heróis no triunfo sobre os Reds, o argentino teve uma passagem pelo futebol brasileiro, vestindo a camisa do Fluminense, em 2011-2012. No Tricolor, o hermano começou a trajetória como um "reserva de luxo", mas logo conquistou a torcida e "surfou" no bom momento do time carioca.

Na época em que desembarcou no país vizinho à terra natal, por empréstimo, Lanzini era uma das maiores promessas de um momento conturbado do River Plate, que acabara de cair para a Segunda Divisão Argentina pela primeira vez. O objetivo dos portenhos era usar o Fluminense como uma "vitrine" para vendar a joia para a Europa.

Lanzini chegou ao Fluminense em 2011 e deixou o clube em 2012 (Foto: AFP)

Na passagem pelas Laranjeiras, Lanzini balançou redes cinco vezes em 42 jogos. Como o Flu não aceitou tê-lo em definitivo, o River não renovou o período de empréstimo e ficou novamente com o jogador.

Na capital da Argentina, Lanzini regressou com a camisa 10 e marcou, aos 45 segundos, o gol mais rápido do clássico contra o Boca Juniors. O meia-atacante seguiu balançando redes. No ano seguinte, no entanto, os Millonarios liberaram o meia-atacante para o Golfo Pérsico por 6 milhões de dólares.

Lanzini treina pelo River Plate durante segunda passagem pelo clube (Foto: AFP)

Em julho deste ano, os Hammers anunciaram o jogador argentino por empréstimo de uma temporada. Ele ainda pertence ao Al Jazira, dos Emirados Árabes.

Apesar das idas e vindas, Lanzini tem apenas 22 anos e conta com tempo de sobra para mostrar um bom futebol e convencer o técnico Tata Martino a chamá-lo para a seleção argentina.

Há muito tempo o torcedor brasileiro não escutava falar sobre o meia-atacante Lanzini. Neste sábado, porém, ele colocou um fim no "sumiço" e marcou um dos gols da vitória do West Ham sobre o Liverpool por 3 a 0, em pleno Anfield Road, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Inglês.

Bem antes de ser um dos heróis no triunfo sobre os Reds, o argentino teve uma passagem pelo futebol brasileiro, vestindo a camisa do Fluminense, em 2011-2012. No Tricolor, o hermano começou a trajetória como um "reserva de luxo", mas logo conquistou a torcida e "surfou" no bom momento do time carioca.

Na época em que desembarcou no país vizinho à terra natal, por empréstimo, Lanzini era uma das maiores promessas de um momento conturbado do River Plate, que acabara de cair para a Segunda Divisão Argentina pela primeira vez. O objetivo dos portenhos era usar o Fluminense como uma "vitrine" para vendar a joia para a Europa.

Lanzini chegou ao Fluminense em 2011 e deixou o clube em 2012 (Foto: AFP)

Na passagem pelas Laranjeiras, Lanzini balançou redes cinco vezes em 42 jogos. Como o Flu não aceitou tê-lo em definitivo, o River não renovou o período de empréstimo e ficou novamente com o jogador.

Na capital da Argentina, Lanzini regressou com a camisa 10 e marcou, aos 45 segundos, o gol mais rápido do clássico contra o Boca Juniors. O meia-atacante seguiu balançando redes. No ano seguinte, no entanto, os Millonarios liberaram o meia-atacante para o Golfo Pérsico por 6 milhões de dólares.

Lanzini treina pelo River Plate durante segunda passagem pelo clube (Foto: AFP)

Em julho deste ano, os Hammers anunciaram o jogador argentino por empréstimo de uma temporada. Ele ainda pertence ao Al Jazira, dos Emirados Árabes.

Apesar das idas e vindas, Lanzini tem apenas 22 anos e conta com tempo de sobra para mostrar um bom futebol e convencer o técnico Tata Martino a chamá-lo para a seleção argentina.