Kovacic é um dos destaques da Croácia na Copa

Kovacic é um dos destaques da Croácia na Copa do Mundo (Attila Kisbenedek/AFP)

LANCE!
23/06/2018
17:32
São Petersburgo (RUS)

Mateo Kovacic está no Real Madrid desde 2015. Ganhou três títulos da Liga dos Campeões, um campeonato espanhol e dois títulos mundiais. Entretanto, na visão do croata, isso não é o suficiente. Em entrevista ao "MARCA", o meia externou o descontentamento em não ter muitas chances no time titular.

 - Entendo a situação (não ser titular) e por causa disso eu acredito que a melhor coisa pra mim é procurar outro clube onde vou ter a oportunidade de jogar como titular. Acho que tenho essa chance e quero isso agora - disse.

Ainda de acordo com o periódico espanhol, teriam dito a Kovacic que o Real Madrid está feliz com ele e que é um jogador importante para o elenco, mas Mateo acredita que ter mais minutos em campo é tão importante quanto.

- Todos os jogadores do Real são importantes. O problema é que é difícil ter consistência quando você é um jovem. Sem essa consistência, nunca vou mostrar meu potencial. Preciso jogar mais. O Real é um time muito bom, com grandes jogadores. Talvez eu seja jovem demais para contribuir - afirmou.

Há três anos na Real Madrid, Kovacic chegou como uma contratação para o futuro, depois das boas temporada na Inter de Milão (ITA). Entretanto, Luka Modric, seu companheiro de seleção, e Toni Kroos dominam o meio campo da equipe com regularidade, o que ajudou o croata a ficar tanto tempo no banco.

- Eu realmente gostei desses três anos em Madri, ao lado de alguns companheiros incríveis e ganhando troféus, mas não fui completamente feliz porque minha contribuição para tudo isso não foi completa e isso é algo que eu quero mudar. Não estou feliz quando não jogo - enfatizou o meia.

A partir da próxima temporada, o Real Madrid terá Julen Lopetegui como treinador da equipe. Mas Kovacic acredita que sua participação no time não sofrerá alguma mudança significativa, o que pode acabar prejudicando seu rendimento pela seleção croata, onde está para a disputa da Copa do Mundo.

- Não conheço o novo técnico e nunca falei com ele, mas agora preciso falar sobre o meu futuro. Estou no Real Madrid há três anos e não joguei muito, algo que afetou meu status na seleção. É algo que não me agrada. É por isso que a melhor coisa seria mudar de equipe - finalizou ao jornal espanhol.