Treino Seleção Brasileiro - Neymar (foto:Ale Vianna/Eleven)

Mãe de Neymar segue incluída no processo que move o Grupo DIS (foto:Ale Vianna/Eleven)

LANCE!
26/11/2015
09:48
Barcelona (ESP)

A mãe do atacante Neymar, Nadine Gonçalves, segue como ré das investigações que envolvem o seu filho, Neymar pai, Santos e Barcelona. Segundo o jornal "Marca", o juiz José De La Mata não aceitou recurso por entender que ela tinha conhecimento e lucrou com as negociações que teriam lesado o Grupo DIS, que cobra na Justiça os direitos que teria em relação à transferência. A justificativa é que o valor gasto pelos catalães seria bem inferior ao total realmente pago ao time brasileiro.

A inclusão da mãe do jogador foi solicitada pelo Grupo DIS porque ela possui 50% da empresa NN Consultoria, que representa o brasileiro e cobrou 40 milhões de euros (R$ 138 milhões na ocasião) em indenização do Barcelona por ter acertado a transferência para o clube um ano antes do acordado em 2011.

O juiz José De La Mata apresentou os seus argumentos para rechaçar o pedido dos advogados de defesa.

- Existem indícios de que teve perfeito conhecimento do que foi feito. Seu sócio era o marido, a sociedade foi realizada durante a negociação dos contratos do filho, o único cliente da empresa que detinha 50% era o próprio filho, levou 5 milhões de euros imediatamente após o início da sociedade, que foi constituída exclusivamente por conta da operação.

Nadine ainda pode recorrer mais uma vez da decisão da Justiça espanhola antes de as audiências terem início.

O DIS recebeu cerca de 6 milhões de euros (R$ 23,8 milhões) pela transferência de Neymar, equivalentes aos 17 milhões de euros (R$ 67,5 milhões) que o Barcelona teria pago ao Santos pelo atacante. Entretanto, de acordo com a empresa, o valor total chegou a 86,2 milhões de euros (R$ 342 milhões), o que daria aos empresários a pendência de aproximadamente 35 milhões de euros (R$ 139 milhões).