Sporting

Indignado, Coates se manifestou via Instagram (Foto: Reprodução)

LANCE!
05/01/2017
11:16
Lisboa (POR)

Dois fatores, um bastante inusitado, levaram o Vitória de Setúbal às semifinais da Copa da Liga, após a suada vitória por 2 a 1 sobre o Sporting, em casa, obtida no último minuto de jogo após um pênalti polêmico, com direito a entrada da polícia no gramado para proteger o trio de arbitragem. Por fim, os mandantes avançaram devido ao terceiro critério de desempate: média de idade.

Explica-se: Vitória e Sporting terminaram empatados com seis pontos no Grupo A da terceira fase, com o mesmo saldo de gols (1) e o mesmo número de gols marcados (3). A vaga entre os quatro, então, foi decidida no terceiro critério: a média de idade dos jogadores nas três partidas da terceira fase. Vantagem para o time de Setúbal, mais jovem, ou seja, 25,43 anos contra 26,38.

Em relação ao duelo, os gols dos anfitriões foram marcados pelos portugueses Frederico Venâncio, aos 19 minutos de jogo, e Edinho, de pênalti, nos acréscimos do confronto. Os visitantes descontaram com o brasileiro Elias, que balançou as redes aos 34 minutos do segundo tempo.

Além do ex-corintiano, outros três brasileiros participaram da partida. Pelo Setúbal, o meia Nenê Bonilha, que também já defendeu o Timão, entrou no início da segunda etapa. Pelos visitantes, o zagueiro Jeferson foi titular e o centroavante André atuou nos últimos 15 minutos do duelo.

Feliz pelo resultado, Nenê Bonilha falou sobre o jogo.

- Nós sabíamos que a partida seria muito complicada porque o Sporting é um dos grandes clubes de Portugal, está brigando pelas primeiras colocações na Liga e tinha a vantagem do empate, mas jamais deixamos de acreditar na vaga. Lutamos até o último minuto e marcamos no finalzinho. Todo mundo está de parabéns - comemorou o camisa 8, que chegou ao clube Sadino no início da temporada.

REVOLTA 

Se Bonilha estava contente, o mesmo não se pode dizer de Sebastián Coates. O defensor, envolvido no polêmico pênalti já nos acréscimos do duelo (assista abaixo), usou o Instagram para expôr a sua insatisfação com o árbitro Rui Oliveira.

- O árbitro disse que a falta foi minha... Já vi (o lance) muitas vezes e, todavia, não encontro a falta. Não quero que soe como desculpa, todos podemos errar, mas há alguns erros que são muito grandes - disse o defensor uruguaio.