LANCE!
06/10/2016
13:38
Hong Kong (CHN)

Depois de o técnico Vanderlei Luxemburgo revelar que há 'jogos armados' no futebol chinês e ser duramente criticado por Felipão, cinco jogadores chineses e um apostador foram detidos devido a supostas combinações de resultados no jogo em que o Pegasus, equipe da Primeira Divisão de Hong Kong, perdeu para o Ghangzhou R&F sub-19 por 2 a 1, fora de casa.

O Pegasus está na quarta colocação em Hong Kong e é candidato ao título. O resultado contra os jovens do Guangzhou R&F despertou a atenção das autoridades locais. 

- Os cinco jogadores detidos talvez tenham conspirado depois de aceitarem subornos de outros elementos, incluindo um apostador suspeito, como prêmios pela manipulação de resultados em quatro jogos - informou a Comissão Independente contra a Corrupção (ICAC) de Hong Kong, em comunicado.

O órgão anticorrupção revelou que os subornos podem passar dos 10 mil euros (R$ 36 mil), tendo a investigação como base 'uma queixa recebida durante a temporada'.

A Associação de Futebol de Hong Kong, que controla e organiza o campeonato local, admitiu que o torneio 'pode ser vulnerável na manipulação de jogadores devido aos salários praticados'.

O time principal do Ghangzhou R&F atua na Super Liga Chinesa, mas a equipe inferior joga no futebol de Hong Kong, que por muito tempo pertenceu à China.