Jadson - Tianjin Quanjian

(Foto: Divulgação / osports.cn)

LANCE!
12/06/2016
16:06
Tianjin (CHN)

Enfim, o Tianjin Quanjian voltou a vencer. No primeiro jogo sob o comando do italiano Fabio Cannavaro, o brasileiro Jadson marcou, de pênalti, o único gol da vitória do clube sobre Xinjiang Tianshan, em casa, pela 13ª rodada da Segunda Divisão da China. A equipe, que era treinada por Vanderlei Luxemburgo, estava há seis jogos sem triunfar na competição.

Com o resultado, Tianjin Quanjian assumiu a sétima colocação, com 19 pontos, oito a menos que Guizhou Zhicheng, segundo colocado, e nove atrás do líder Qingdao Huanghai. Os dois primeiros sobem para a Super Liga Chinesa.

Autor do único gol da partida, Jadson espera que a equipe siga no caminho das vitórias para chegar às primeiras colocações.

- Nós precisávamos dessa vitória. Nos últimos jogos, até que jogamos bem, mas, infelizmente, os resultados foram ruins. Espero que essa vitória dê um pouco mais de tranquilidade e confiança para os jogadores e que a gente consiga uma boa sequência de partidas.

O meia também falou sobre a saída de Vanderlei Luxemburgo e a chegada de Fabio Cannavaro.

- Fiquei chateado com a saída dele, mas são coisas que acontecem no futebol. O Luxemburgo é um treinador vitorioso e torço pelo sucesso dele. Agora tenho que aproveitar a chegada do Cannavaro, que foi um jogador com uma carreira brilhante e já trabalhou como treinador no futebol chinês. Mais importante de tudo é seguir trabalhando duro para conquistar o nosso objetivo, que é levar o Tianjin para a Primeira Divisão - disse Jadson.

Geuvânio - Tianjin Quanjian
Geuvânio participou do lance do gol (Foto: Divulgação)

Quem também se destacou na vitória do Tianjin Quanjian foi Geuvânio. O ex-jogador do Santos driblou dois marcadores até ser derrubado dentro da área, em pênalti convertido por Jadson.

- Foi uma vitória muito importante, para nos dar confiança e manter alta nossa chance de alcançar o grande objetivo na temporada, que é subir para a primeira divisão. Fico feliz por poder colaborar com a equipe, seja com gols, assistências ou também criando as jogadas de ataque, como no lance em que sofri o pênalti. O mais importante é ajudar o time a vencer. Esse resultado nos dá esperança de brigar por coisa melhor no campeonato - disse Geuvânio.

Já Luis Fabiano acredita no crescimento da equipe para, assim, chegar nos primeiros colocados.

- Tem muito campeonato pela frente. Estamos a oito pontos do segundo colocado e a nove do líder. A diferença não é tão grande. Restam 17 rodadas ainda, ou seja, temos 51 pontos em disputa. Então, vamos continuar batalhando para buscar as vitórias e conseguir chegar cada vez mais perto das primeiras colocações - declarou o Fabuloso.