Gianni Infantino - Fifa

(Foto: Alfredo Estrella / AFP)

LANCE!
05/08/2016
19:44
Zurique (SUI)

Nesta sexta-feira, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, foi inocentado pelo próprio Comitê de Ética da entidade. Uma denúncia anônima garantiu que o mandatário teria utilizado jatinhos privados para visitar a Rússia e o Qatar, países que sediarão as próximas Copas do Mundo, em 2018 e 2022, respectivamente. As aeronaves seriam bancadas pelos governos dos dois países.

- Não foi encontrada nenhuma violação do Código de Ética da Fifa - anunciou um comunicado.

Pessoas próximas a Infantino garantiram que tudo não passou de uma "vingança" contra o presidente eleito em fevereiro.

Sucessor de Joseph Blatter, Infantino foi eleito presidente da Fifa em fevereiro deste ano.