Vitaly Mutko - Presidente da Federação Russa de Futebol

Vitaly Mutko é presidente da Federação Russa e do Comitê Organizador Local (Foto: Mladen Antonov / AFP)

LANCE!
18/06/2017
16:01
Moscou (RUS)

O presidente da Federação Russa de Futebol e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2018, Vitaly Mutko, causou um mal-estar neste domingo, em entrevista coletiva. Ele sugeriu que mandaria entregar maconha para a seleção holandesa, caso a equipe consiga um lugar na competição do ano que vem. No entanto, ele frisou em seguida que se tratava de uma brincadeira. As informações são do site www.globo.com.

Mutko falava sobre as opções de centros de treinamentos no país e citou Ulyanovsk, que fica a 800 km da capital Moscou. Ela é um dos 67 locais que poderão servir de concentração para as seleções durante a Copa do Mundo.

- Vamos recomendar a região de Ulyanovsk para a Holanda. Se eles ficarem lá, podemos mandar entregar maconha para eles. Na Holanda é liberado. Estou brincando, é claro (risos). Em geral, cada equipe faz suas próprias exigências.

No entanto, a situação da Holanda nas Eliminatórias para Copa do Mundo ainda é muito delicada. A Laranja Mecânica está em terceiro, com dez pontos, três a menos que Suécia e França, ambas em terceiro.

Holanda x Luxemburgo
Holanda está em terceiro nas Eliminatórias (Foto: AFP)

Faltam quatro rodadas para o fim das Eliminatórias e apenas os primeiros colocados dos grupos garantem vaga direta para o Mundial. As seleções que terminarem em segundo disputarão a repescagem, para definir os outros quatro classificados.

Na Holanda, o uso da maconha é tolerado em algumas situações. Os 'coffee shops' podem vender cinco gramas da erva por dia para uma pessoa. Menores de 18 anos não podem ingerir a droga.