Blas Pérez

Blas Pérez faz história e ajuda o Panamá estrear com vitória na Copa América Centenário (Foto:Divulgação/Twitter oficial da Conmebol)

RADAR/LANCE!
06/06/2016
22:03
Flórida (EUA)

Panamá e Bolívia estrearam na Copa América Centenário na noite desta segunda-feira. Jogando no Estádio Citrus Bowl, na Flórida (EUA), os panamenhos foram superiores e fizeram história, vencendo por 2 a 1, em partida válida pela primeira rodada do Grupo D da competição. Blas Pérez foi o autor dos dois gols do Panamá, enquanto Arce deixou tudo igual na parte final de jogo. Argentina e Chile completam a chave.

O Panamá entra para a história da Copa América. Estreando na competição, os panamenhos são os primeiros convidados a vencer o primeiro jogo do torneio.


Equipes voltam a campo nesta sexta-feira. Na segunda rodada da fase de grupos, a Bolívia encara o Chile, às 20h. Mais tarde, o Panamá encara os argentinos, às 22h30.

O JOGO

O Panamá começou o jogo com tudo e sufocou a Bolívia no campo de defesa desde os primeiros instantes de partida. Aos cinco minutos, Torres arriscou de longe e obrigou Lampe a dar um passo para trás, para evitar o gol dos panamenhos. Não demorou muito e a pressão surtiu efeito. Aos 10, Quintero cruzou para Blas Pérez marcar o primeiro gol do Panamá na história da Copa América.

Os boliviano responderam com Cabrera, de cabeça, mas Penedo fez ótima defesa. Pérez quase fez o segundo, mas Lampe estava atento e afastou o perigo. O Jogo seguia aberto, mas as duas equipes perderam a criatividade e pouco criaram até o final da primeira etapa. O Panamá foi para o vestiário vencendo pela vantagem mínima. 


Com a desvantagem no placar, a Bolívia voltou diferente para o segundo tempo de jogo. Logo aos sete minutos, Arce deixou tudo igual. O atacante aproveitou a falha de Cummings e mandou uma bomba para estufar as redes do adversário. Pouco tempo depois, os bolivianos quase viraram, mas Duk demorou para finalizar e foi desarmado. 

O Panamá voltou a assustar com Quintero, que matou no peito e bateu no cantinho, mas parou nas mãos de Lampe. Quando o empate parecia definido, o Panamá foi para cima e conseguiu desempatar o jogo no fim. Aos 43, Arroyo fez grande jogada e rolou para Blas Pérez estufou as redes para garantir a vitória da seleção panamenha, a primeira de um convidado na estreia, na história da Copa América. 

FICHA TÉCNICA

COPA AMÉRICA CENTENÁRIO

PANAMÁ 2 x 1 BOLÍVIA

Data-Hora: 06/06/16 - 20h (de Brasília)
Estádio: Citrus Bowl, na Flórida (EUA)
Árbitro: Ricardo Montero (CRC)
Assistentes: Octavio Jara (CRC) e Juan Mora (CRC)
Cartões amarelos:  Cummings, Godoy, Blas Pérez, Cooper e Machado (PAN); Arce e Azogue (BOL)
Cartão vermelho: Não Houve
Gols: Blas Pérez, 10'/1ºT (1-0); Arce, 8'/2ºT (1-1); Blas Pérez, 43'/2ºT (2-1)

PANAMÁ: Penedo; Machado, Baloy, Cummings (Henríquez, 18'/2ºT) e Miller; Gómez, Godoy, Cooper (Arroyo, 28'/2ºT) e Quintero; Blas Pérez e Gabriel Torres (Luis Tejada, 10'/2ºT). Técnico: Hernán Gómez

BOLÍVIA: Carlos Lampe; Diego Bejarano, Nelson Cabrera e Ronald Eguino (Melean, Intervalo); Zenteno,  Marvin Bejarano, Martin Smedberg, Pedro Azogue, Fernando Saucedo (Campos, Intervalo);  Juan Carlos Arce e Yasmani Duk (Ramallo, 41'/2ºT) . Técnico: Jorge Baldivieso