Apresentação - Anderlecht x PSG

Anderlecht e Paris Saint-Germain medem forças nesta quarta-feira (Foto: Montagem/LANCE!) 

LANCE!
17/10/2017
17:40
Bruxelas (BEL)

O Paris Saint-Germain está na iminência de pôr um pé nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Para isso, precisa, nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), confirmar o favoritismo e bater o Anderlecht, em Bruxelas (BEL). O duelo será válido pela terceira rodada do Grupo B, onde o PSG lidera, com seis pontos.

Dá para afirmar que é um confronto antagônico. Enquanto os franceses estão com 100% de aproveitamento e ainda não sofreram gols, os belgas não pontuaram e sequer balançaram a rede no torneio continental.

Para o jogo fora de casa, o técnico Unai Emery não poderá contar com o capitão Thiago Silva, que ainda não se recuperou de uma lesão muscular na coxa direita. Por outro lado, os brasileiros Marquinhos, Daniel Alves, Thiago Motta, Neymar e Lucas estão entre os relacionados. 

Neymar - Sempre agudo pelo lado esquerdo do ataque, não foi decisivo contra o Dijon, mas estava sempre presente nas jogadas mais perigosas do PSG.
Neymar soma dois gols em dois jogos na Champions (Foto: AFP)

Por falar no lateral-direito, Dani, aos 34 anos, completará a marca de 900 jogos na carreira profissional. Outro brazuca, Thiago Motta projetou o duelo, pedindo atenção, apesar do amplo favoritismo dos visitantes, cujo trunfo está no trio ofensivo Neymar, Cavani e Mbappé.

- Você deve ter cuidado com todas as equipes, preparar-se bem antes de cada jogo. Cada partida tem sua própria história. A última vez que jogamos lá deu tudo certo (5 a 0, em 2013), mas isso faz parte do passado - comentou o ítalo-brasileiro. 

E há motivação, sim, do outro lado. O técnico do Anderlecht, Hein Vanhaezebrouck, acredita que é possível surpreender os badalados parisienses, mesmo tendo, até aqui, um ataque inócuo, que ainda não marcou na Champions, assim como o APOEL (Grupo H). Ele também citou Neymar. 

- Eu não vou estar sentado no banco amanhã (quarta-feira) pensando: "Neymar, mmm". Estou lá para ajudar minha equipe, e acredito que temos chances, sim - disse Vanhaezebrouck. 

COM HEYNCKES, BAYERN PRECISA DAR RESPOSTA POSITIVA 

Bayern x Celtic - Liga dos Campeões
Bayern e Celtic se enfrentam na Allianz Arena (Foto: Montagem/L!)

Vice-líder do Grupo B com três pontos, três a menos que o Paris Saint-Germain, primeiro colocado, o Bayern de Munique precisa de uma vitória para seguir na briga pelo topo. O adversário desta quarta-feira será o Celtic, às 16h45 (de Brasília) e que também soma três pontos - porém está atrás dos alemães pelo quesito saldo de gols. A batalha direta será disputada na Allianz Arena. 

Para o jogo, o primeiro de Champions para Jupp Heynckes neste retorno, o treinador bávaro lamentou a ausência do volante Javi Martínez (lesionado no ombro). O comandante, no entanto, terá a volta de Vidal entre os 11. Ele pregou respeito ao próximo adversário.

- O Celtic ganhou o nacnional por seis anos seguidos e na temporada passada dificultaram para Mönchengladbach e Manchester City na fase de grupos (da Champions). Eles têm um treinador (Brendan Rodgers) muito bom - disse Jupp Heynckes, último técnico campeão pelo clube, em 2013. 

Na volta de Heynckes à beira do gramado, o Bayern vem de uma contundente goleada no Campeonato Alemão. No último fim de semana, o time da Baviera atropelou o Freiburg, por 5 a 0, em casa, e se aproximou do líder Borussia Dortmund.