Mario Fernandes - CSKA Moscou

Mário Fernandes foi revelado pelo Grêmio (Foto: AFP)

LANCE!
13/07/2016
17:43
Moscou (RUS)

Revelado pelo Grêmio, o lateral-direito Mario Fernandes poderá defender a seleção russa na próxima Copa do Mundo. Ele foi o último jogador estrangeiro a conseguir a nacionalidade, segundo informou um decreto presidencial divulgado nesta quarta-feira.

- Depois de ter me transferido ao CSKA em 2012, a Rússia tornou-se uma real casa para mim. Eu tinha um genuíno desejo de receber a nacionalidade e tenho a possibilidade de jogar pela seleção - disse o brasileiro, em comunicado no site oficial do clube.

Com 25 anos, Mario Fernandes conquistou três vezes o Campeonato Russo pelo CSKA Moscou. O ministro do Esporte do país, Vitaly Mutko, já havia deixado claro que gostaria de contar com o lateral na seleção russa.

Outros que conseguiram a cidadania russa foram o goleiro brasileiro Guilherme, do Lokomotiv Moscou, e o volante alemão Roman Neustädter, do Schalke 04, que estiveram na última Eurocopa.

Com a cidadania, o lateral deixa de ser estrangeiro na liga russa, abrindo uma vaga para o CSKA. Apenas seis atletas de fora do país podem estar em campo por um único clube.

Mário Fernandes se envolveu em uma polêmica ao recusar uma convocação para o Superclássico das Américas, contra a Argentina, em 2011. Três anos depois, ele voltou a ser chamado e ficou no banco. Como não era uma partida oficial, ele poderá defender a seleção russa.