Ricardo Alexandre - Portugal

Ricardo teve uma rápida passagem pelo Leicester(Foto: Divulgação)

Thiago Correia
06/05/2016
08:35
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos nomes mais importantes do futebol português da década passada, o goleiro Ricardo, campeão português pelo pequeno Boavista em 2001, teve uma rápida passagem pelo Leicester em 2011. Ficou apenas por um semestre, mas conseguiu conhecer de perto o atual vencedor da Premier League e se apaixonar pelo futebol inglês e pelo clube. O jogador chegou logo depois de os Foxes serem vendidos para o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha, e só tem palavras de elogios para o trabalho feito.

- Tinha comprado o clube há pouco tempo. São pessoas conhecedoras, competentes, rodearam-se de pessoas que entendem do futebol inglês. Só tenho a falar bem. Do meu lado pessoal, nunca deixaram faltar nada. Sempre houve um grande carinho por mim, pela história que tive. Fui acolhido pelo Sven-Göran Eriksson - disse Ricardo ao LANCE!:

- Chamou atenção em tudo. O futebol na Inglaterra é um espetáculo. Além da competição, da qualidade, da organização, são ótimas as condições de trabalho, qualidade humana... Não deixam que o estrangeiro estranhe, fazem com que sintam-se em casa, não falha nisso, é mesmo especial, há um respeito da torcida pelo time, pela arbitragem. Foi um bom momento como experiência, como qualidade humana, no clube, condições de trabalho, qualidade de torcida, de tudo... Na Europa, a Inglaterra é o país do futebol.

Ricardo - Leicester
Ricardo ficou por alguns meses no Leicester(Foto: Divulgação)

Ricardo teve passagens importantes, principalmente, por três clubes. Chegou ao Boavista em 1995, foi campeão português, e saiu em 2003 para o Sporting, aonde ficou até 2007. Neste ano, transferiu-se para o Betis, até em 2011 chegou ao Leicester. Ficou por apenas alguns meses, e por causa de uma lesão, saiu logo. Jogou ainda por Vitória de Setúbal e Olhanense antes de se aposentar em 2014.

- Foi uma passagem rápida, teve um fim quando me lesionei gravemente no ombro, e vim embora. Pensei que tinha acabado a minha carreira, até continuei. Se eu não me lesionava, não teria saído, poderia estar lá até hoje - lembrou Ricardo.

Mas de fato o goleiro saiu, e em 2011 chegou Kasper Schmeichel, atual titular absoluto do gol do Leicester. Ricardo elogiou muito o dinamarquês, e ainda lembrou do passado dele em Portugal, quando chegou a jogar no Estoril nas categorias de base, quando o seu pai, Peter Schmeichel, jogava no Sporting.

- É muito bom. Tem a quem puxar. Mas demonstrou isso em campo... Lembro dele ainda criança aqui no Sporting, fez a formação no Estoril, e demonstrou que é um grande goleiro - concluiu.