Kelava - Granada

Kelava culpou traduções por confusão na imprensa espanhola (Foto: Divulgação)

LANCE!
11/05/2016
18:21
Granada (ESP)

A notícia de que o Real Madrid poderia oferecer mala branca aos jogadores do Granada contra o Barcelona caiu como uma bomba na imprensa espanhola. Uma entrevista publicada pelo site "Goal", nas versões italiana e croata, apontou declarações do goleiro Kelava, do Granada, nas quais ele teria dito que os seus companheiros disseram ser normal receber 'ajudinha' na Espanha para superar rivais.

A declaração do goleiro do Granada deu a entender que o Real Madrid poderia fazer pagamento para o seu time dificultar as coisas para o Barcelona na última rodada do Espanhol. No entanto, Kelava, para não alimentar mais polêmica, convocou uma entrevista coletiva e colocou a culpa na tradução.

- Ao chegar no treinamento, recebi uma ligação do presidente Quique Pina, que estava muito preocupado com a notícia publicada, e eu não sabia nem do que ele me falava. Saiu no diário "AS", me senti muito decepcionado, chateado, porque eu não disse isso. Foi uma entrevista para um jornalista da Croácia da revista "24 horas", também saiu no "Goal" italiano. Eles traduziram bem, não sei o que aconteceu com o "AS" - explicou.

A declaração de Kelava que gerou todo o rebuliço no futebol espanhol foi a seguinte:

- Por conta das celebrações, não treinamos bem esta semana. Mas meus companheiros me disseram que é uma coisa normal estimular jogadores de outros clubes. Por esta razão, pode ser que o Real Madrid nos ofereça um bônus para parar o Barcelona.

Real Madrid x Valencia
Real depende de um tropeço do Barça (Foto: AFP/JAVIER SORIANO)

O jornal "As", para confirmar o que teria dito o goleiro, fez um print da página italiana do "Goal", que teria mudado posteriormente a versão de Kelava.

- Somos profissionais, jogamos para nós, sempre somos honestos e não queremos ajuda alguma. Me sinto mal, porque não são palavras minhas. Queremos que nos deixem em paz esta semana. Jogo para o Granada, e não para outra equipe. Sou amigo de Kovacic e Modric, mas em campo não existem amigos. Com Rakitic, também me dou bem, mas em campo somos profissionais.

O  Real Madrid visita o Deportivo La Coruña, no sábado, às 12h, na última rodada do Campeonato Espanhol. A equipe da capital tem 87 pontos, um a menos que o Barcelona, que encara o Granada.