Mário Boechat
17/04/2016
09:00
Krasnodar (RUS)

Desde 2013 no Kuban Krasnodar após ser negociado pelo Sporting, de Portugal, o zagueiro Xandão vai completar três anos e meio no futebol russo. O longo período, no entanto, está perto do fim. O jogador revelou que não irá permanecer no clube, uma vez que tem contrato somente até o fim do mês de maio. A expectativa do jogador, de 28 anos, é acertar mais um contrato na Europa.

- Meu contrato termina agora no dia 31 de maio. A expectativa é jogar um tempo fora do Brasil, pelo menos até os 30 ou 31 anos. Gostaria de assinar um novo contrato, de dois ou três anos, para aí sim voltar ao Brasil. Mas essa é a minha expectativa, mas não sei se vai acontecer. Vou ficar livre, aberto a propostas. Devem chegar ofertas também do Brasil para eu retornar. Vou analisar friamente as propostas. A minha intenção é, pelo menos, mais um contrato por aqui na Europa. Quem sabe mais para o centro do continente, como Itália, Espanha ou até mesmo voltar para Portugal, onde tive boa passagem pelo Sporting. Mas não descarto retornar ao Brasil.

A vontade do zagueiro, contudo, pode não se concretizar. Segundo apurou o LANCE!, Xandão teria sido procurado pelo Grêmio, que busca um defensor para a sequência da temporada. O primeiro contato entre as partes teria sido feito e os valores da negociação repassados ao clube gaúcho, que não teria custos para contratar o jogador.

A saída do Kuban Krasnodar no fim do contrato é certa. A equipe russa está em débito com os jogadores e o salários estão atrasados há três meses, além de premiações que não são pagas há muito tempo.

- No momento, estamos com três meses de salários atrasados. Desde o ano passado que o clube não paga em dia. Mas parece que agora está mais complicado ainda, pois ninguém dá nenhuma previsão de quando vai pagar. Tem mais de um ano que não recebemos premiação pelos jogos. A situação está bem crítica mesmo.