Gianni Infantino - Cidade do México

Infantino quer formar árbitros de elite com nova tecnologia (Alfredo Estrella / AFP)

LANCE!
26/08/2016
18:07
Zurique (SUI)

A Fifa anunciou nesta sexta-feira que testará um vídeo-auxiliar à arbitragem pela primeira vez. A tecnologia será implantada no amistoso entre Itália e França, na próxima terça-feira, em Bari. O presidente da entidade, Gianni Infantino, estará presente no clássico europeu.

Posteriormente, a avaliação será estendida para torneios nos Estados Unidos, Itália, Austrália, Alemanha, Brasil, Holanda e Portugal.


O árbitro receberá as informações, no entanto, não interromperá a partida para rever os lances mais duvidosos em câmera lenta. É como se fosse alertado, sem poder alterar as decisões tomadas.

- Será um teste "off-line", já que o vídeo-árbitro assistente poderá comunicar com o árbitro do encontro sem que isso afete o decorrer da partida, ao contrário de um teste "on-line" - esclareceu um comunicado divulgado pela entidade.

A Fifa acredita que o teste será importante para a formação de árbitros de elite.