Bordeaux x Olympique de Marselha - Marcelo Bielsa (Foto: Nicolas Tucat/AFP)

Último trabalho de Marcelo Bielsa foi no Olympique de Marselha (Foto: Nicolas Tucat/AFP)

RADAR/LANCE!
22/11/2016
11:44
Rio de Janeiro (RJ)

Horas depois de ter demitido Jürgen Klinsmann, os responsáveis por gerir a seleção americana de futebol já teriam um nome favorito para o cargo de treinador. Segundo a agência de notícias "Télam", Marcelo Bielsa é quem mais agrada à USS (United States Soccer).

E Bielsa, que está sem clube desde que saiu da Lazio, onde ficou por dois dias nesta temporada, fez inusitados pedidos à federação estadunidense. O argentino pediu que Donovan, ídolo do país, seja seu auxiliar-técnico, que a temporada regular da Major League Soccer se inicie em fevereiro, em vez de abril, e um salário anual de 4 milhões de dólares (R$ 13 milhões).

Caso ambas as partes se acertem, "El Loco" terá a dura missão de tirar os Estados Unidos da fase turbulenta e conduzi-los à Copa do Mundo de 2018. Recentemente, a seleção norte-americana foi goleada por 4 a 0 pela Costa Rica.

Desde a goleada por 6 a 0 para o México, em 1957, os EUA não sofriam tanto em uma partida de eliminatórias da Copa. A goleada diante da Costa Rica foi considerada a pior derrota na era moderna do plantel americano.

No hexagonal final das Eliminatórias, os EUA ainda não pontuaram nas duas primeiras partidas. As seis equipes se enfrentam em dez rodadas. As três primeiras garantem a vaga para a Copa, enquanto o quarto colocado disputa a repescagem. Atualmente, a seleção da terra do Tio Sam está na última posição.