Osama Abu Kuwait foi morto pelo Estado Islâmico

Osama Abu Kuwait foi morto pelo Estado Islâmico (Foto: Reprodução)

RADAR/LANCE!
08/07/2016
18:14
Raqqa (SYR)

A Guerra Civil na Síria continua fazendo vítimas. Nesta sexta-feira, quatro jogadores de  futebol sírios foram mortos logo após líderes religiosos afirmarem que "apoiar o futebol é anti-islâmico". 

De acordo com o jornal britânico "Daily Mail", as vítimas já foram identificadas: Osama Abu Kuwait, Ihsan Al Shuwaikh, Nehad Al Hussen e Ahmed Ahawakh foram alvo do atentado. Uma outra vítima, ainda não identificada, também foi morta pelos radicais.

As vítimas, que atuavam pelo Al-Shbab, foram executadas e em seguida decapitadas em frente a um grupo de crianças na cidade de Raqqa, depois de serem acusados de fazer espionagem para os curdos. As imagens do crime foram postadas na Internet por grupos dissidentes, nas quais é possível ver crianças vasculhando os corpos atrás de objetos. 

Este não foi o único caso de morte causado pelo Estado Islâmico relacionado ao futebol. No ano passado, 13 adolescentes foram executados por estar assistindo ao jogo entre Iraque e Jordânia, pela Copa da Ásia. Os jovens foram capturados na cidade de Mosul e executados em uma praça pública, por um pelotão de fuzilamento.