La Bombonera

La Bombonera foi evacuada nesta sexta-feira  (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)

LANCE!
06/01/2017
17:16
Buenos Aires (ARG)

A sexta-feira foi tensa para o futebol argentino. Um telefonema para a polícia indicando que a Bombonera e o Monumental de Núñez, de Boca Juniors e River Plate, respectivamente, poderiam ser alvos de bombas fez as forças de segurança do país intensificarem as investigações do alerta. Os estádios foram evacuados e isolados. No entanto, segundo a Polícia Federal local, foi um alarme falso.

As autoridades argentinas liberaram os dois estádios após verificarem que não se passava de um engano. No entanto, os avisos serão investigados pela Divisão de Ameaças e Intimidações Públicas.

Por meio de seu site oficial, o Boca Juniors informou que voltou normalmente às atividades depois de constatar que não havia mais ameaça de bomba. No comunicado, os Xeneizes informaram ainda que o elenco segue em pré-temporada em Ezeiza, no centro de treinamentos da seleção argentina.

Além de Boca e River, o aviso também alertou sobre uma possível ameaça de bomba na Casa Rosada, sede do governo, no centro de Buenos Aires. No entanto, de acordo com o jornal "Olé", o presidente Mauricio Macri, que é ex-presidente dos Xeneizes, e os principais secretários estão de férias. No entanto, os funcionários tiveram que deixar o local para investigação da polícia.