Espanha x Macedônia

Jogadores comemoram o primeiro gol da Espanha (Foto: Jorge Guerrero / AFP)

LANCE!
12/11/2016
19:41
Granada (ESP)

A Espanha não teve problemas para despachar a Macedônia, em Granada, por 4 a 0, pela quarta rodada das Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018. Apesar do placar dilatado, a Fúria foi burocrática e só deslanchou na reta final da partida, quando a porteira adversária se abriu de vez. Velkoski, contra, Vitolo, Monreal e Aduriz marcaram os gols do triunfo.

Com o resultado, a Espanha segue na liderança do Grupo G, com dez pontos, superando a Itália no saldo de gols: 14 a 7. Em terceiro vem Israel, com nove. Albânia tem seis, enquanto Macedônia e Liechtenstein ainda não pontuaram.

Os espanhóis entraram em campo com muitos desfalques. Sergio Ramos, Piqué, Javi Martínez e Jordi Alba não foram convocados por conta de lesão. No meio de campo, Iniesta também não atuou. O setor ofensivo não teve Diego Costa, cortado por problema médico.

Apesar de estar praticamente com um time alternativo, a Espanha dominou todo o primeiro tempo contra a Macedônia, com posse de bola de mais de 75%. A equipe trocava passes de um lado para o outro, tentando uma brecha para levar perigo ao adversário.

A Macedônia teve apenas duas oportunidades durante os primeiros 45 minutos, ambas em jogadas de escanteio. A Espanha, contudo, não soube traduzir o amplo domínio em gols. Morata perdeu duas boas chances.

Mas a Espanha abriu o placar em um lance bizarro. Carvajal, o único defensor titular em campo, foi à linha de fundo e cruzou. Mas a defesa bateu cabeça na hora de cortar e Velkoski mandou contra o próprio patrimônio.

A seleção espanhola melhorou um pouco na volta para o intervalo. O meia David Silva teve excelente oportunidade, mas furou na frente do goleiro Dimitrievski.

Vitolo - Espanha x Macedônia
Vitolo fez o segundo da Fúria (Foto: Jorge Guerrero / AFP)

Com a bola nos pés e controle total da partida, a Fúria ampliou. Em jogada pela esquerda, David Silva cruzou, a bola desviou e sobrou limpa para Vitolo escorar de cabeça.

A porteira definitivamente se abriu após o segundo gol. A Espanha apertou um pouco mais e a defesa da Macedônia ofereceu alguns bons espaços, dando chances para a goleada da Fúria. Em cruzamento de Carvajal, Monreal pegou de primeira e fez um bonito gol. Logo depois, Aduriz recebeu de David Silva e fez o quarto.

ISRAEL VENCE E EMBOLA GRUPO G

A seleção de Israel segue na cola de Espanha e Itália. Fora de casa, a equipe venceu a Albânia, por 3 a 0, com gols de Zahavi, Einbinder e Atar.

Israel abriu o placar com o gol de Zahavi, de pênalti. No lance, Djimsiti acabou expulso. Na etapa final, Albânia ficou com apenas nove em campo quando Berisha levou o vermelho. Logo depois, Zahavi desperdiçou uma penalidade.

Com dois a mais, Israel foi para cima e ampliou com Einbinder. Na reta final, Atar marcou e deu números finais.

BALE MARCA, MAS GALES EMPATA

País de Gales perdeu grande chance de assumir a segunda colocação do Grupo D. Em Cardiff, os britânicos venciam a Sérvia até os minutos finais da partida, quando levaram gol de Mitrovic e ficaram no 1 a 1. Bale fez o gol dos anfitriões.

A liderança é da Irlanda, que soma dez pontos. Na segunda colocação está a Sérvia, que tem oito. País de Gales soma seis. Áustria, com quatro, Geórgia, com dois, e Moldávia, com um, completam a chave

O gol de Bale saiu aos 30 minutos do primeiro tempo. Em jogada de Robson-Kanu pela direita, o camisa 11 recebeu na entrada da área e chutou forte, no meio do gol, vencendo o goleiro Stojkovic. Aos 41 do segundo tempo, Mitrovic recebeu cruzamento de Rukavina e deixou tudo igual em Cardiff.