icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/08/2015
18:49

O futebol espanhol está em alta. Nas últimas duas temporadas, o país levou a dobradinha Liga dos Campeões da Europa-Liga Europa. Nesta terça-feira, com a classificação do Valencia, os campeões do mundo em 2010 emplacaram, pela primeira vez, cinco clubes na fase de grupos do principal do Velho Continente.

Barcelona, Real Madrid, Atlético de Madrid e Sevilla já estavam garantidos. Faltava apenas o Valencia para ratificar a inédita marca. No Principado, os Ches foram derrotados pelo Monaco por 2 a 1, mas avançaram com um placar agregado de 4 a 3.

A Espanha repete a façanha da Inglaterra em 2005/2006. Naquela edição da Champions, a Premier League começou o torneio com cinco representantes, no entanto, o Everton caiu fase eliminatória para o Villarreal. No decorrer da competição, o Arsenal levou o país ao vice-campeonato ao chegar na final e perder para o Barcelona por 2 a 1, de virada.

Atual dono da Orelhuda, o Barça será o único espanhol no primeiro pote, ao lado de campeões nacionais e clubes de países com melhores coeficientes da Uefa (Chelsea, Bayern de Munique, Juventus, Benfica, Paris Saint-Germain, Zenit e PSV). O restante ficará entre os potes 2 e 3. O sorteio será realizado na próxima quinta-feira, em Mônaco, na França.

BRASILEIROS MARCAM

Nos jogos de volta da última fase eliminatórias, dois brasileiros se destacaram com gols. O meia Marlos foi decisivo no empate do Shakhtar Donetsk com o Rapid Viena por 2 a 2. Sem o gol do apoiador, o time ucraniano estaria fora da fase de grupos da Champions.

Outro meia brasileiro também deixou a marca. Mas não adiantou muito. Esquerdinha marcou o gol de honra do Skenderbeu na derrota para o Dinamo Zagreb por 4 a 1, fora de casa. O time albanês está fora da competição, mas disputará a Liga Europa.

O futebol espanhol está em alta. Nas últimas duas temporadas, o país levou a dobradinha Liga dos Campeões da Europa-Liga Europa. Nesta terça-feira, com a classificação do Valencia, os campeões do mundo em 2010 emplacaram, pela primeira vez, cinco clubes na fase de grupos do principal do Velho Continente.

Barcelona, Real Madrid, Atlético de Madrid e Sevilla já estavam garantidos. Faltava apenas o Valencia para ratificar a inédita marca. No Principado, os Ches foram derrotados pelo Monaco por 2 a 1, mas avançaram com um placar agregado de 4 a 3.

A Espanha repete a façanha da Inglaterra em 2005/2006. Naquela edição da Champions, a Premier League começou o torneio com cinco representantes, no entanto, o Everton caiu fase eliminatória para o Villarreal. No decorrer da competição, o Arsenal levou o país ao vice-campeonato ao chegar na final e perder para o Barcelona por 2 a 1, de virada.

Atual dono da Orelhuda, o Barça será o único espanhol no primeiro pote, ao lado de campeões nacionais e clubes de países com melhores coeficientes da Uefa (Chelsea, Bayern de Munique, Juventus, Benfica, Paris Saint-Germain, Zenit e PSV). O restante ficará entre os potes 2 e 3. O sorteio será realizado na próxima quinta-feira, em Mônaco, na França.

BRASILEIROS MARCAM

Nos jogos de volta da última fase eliminatórias, dois brasileiros se destacaram com gols. O meia Marlos foi decisivo no empate do Shakhtar Donetsk com o Rapid Viena por 2 a 2. Sem o gol do apoiador, o time ucraniano estaria fora da fase de grupos da Champions.

Outro meia brasileiro também deixou a marca. Mas não adiantou muito. Esquerdinha marcou o gol de honra do Skenderbeu na derrota para o Dinamo Zagreb por 4 a 1, fora de casa. O time albanês está fora da competição, mas disputará a Liga Europa.