Júnior Urso, atacante do Dínamo de Kiev (Foto: BEST - Comunicação & Marketing)

Júnior Moraes, atacante do Dínamo de Kiev (Foto: BEST - Comunicação & Marketing)

RADAR/LANCE!
16/07/2016
21:35
Kiev (UCR)

O Dínamo de Kiev é o campeão da Supercopa da Ucrânia. Após o empate em 1 a 1 no tempo normal com o Shakhtar Donetsk, coube ao atacante brasileiro Junior Moraes marcar a penalidade que rendeu ao time da capital o título da competição. Eufórico com mais uma conquista pela equipe, o ex-jogador do Santos celebrou a sua segunda conquista com o clube.

- Estou muito feliz. Cheguei ao Dínamo após me destacar com a camisa do Metallurg e, em pouco mais de um ano, já conquistei o meu segundo título. A equipe se preparou muito para esse jogo e vencemos o nosso principal rival. Já é um grande começo. Temos uma temporada importante pela frente e uma conquista como essa, sem dúvida, dá mais moral ainda para a nossa equipe - disse.

Maior artilheiro da história do Metallurg Donetsk, Junior Moraes mostrou que não sentiu o poder de decisão ao marcar o pênalti decisivo. O atacante afirmou estar convicto do que faria ao receber a bola do árbitro da partida.

- Sou um jogador muito tranquilo. Certamente, isso me ajudou na hora da cobrança final. Assim que peguei a bola e parti para a cobrança, esperei o goleiro escolher o canto. Tive a felicidade de chutar no outro canto e ajudar a equipe - encerrou.