Leicester - Campeão inglês da atual temporada

Leicester foi o campeão inglês da temporada 2015/16 (Foto: AFP/ADRIAN DENNIS)

RADAR/LANCE!
08/08/2016
08:00
Leicester (ING)

Três meses atrás, o Leicester surpreendia o mundo do futebol ao levantar o troféu de campeão inglês. Mesmo com concorrentes de grande potencial técnico e financeiro, a equipe de Claudio Ranieri deu aos fãs do esporte uma grande história para ser lembrada. Com a missão de ser novamente um 'intruso' no topo do futebol inglês, os Foxes voltam a campo no próximo sábado, às 8h30 (de Brasília), quando abrem a primeira rodada diante do Hull City, time recém-promovido à Primeira Divisão, no KCOM Stadium.

No entanto, antes de estrear na Premier League 2016/17, o Leicester mostrou que seguirá incomodando os grandes. Neste último domingo, o time enfrentou o Manchester United pela Supercopa da Inglaterra, torneio que coloca o campeão inglês e o campeão da Copa da Inglaterra frente a frente. Mesmo com a derrota por 2 a 1, os Foxes mostraram um bom futebol e foram melhores que a equipe Red Devil durante boa parte do jogo. Ainda, o gol da vitória do time de José Mourinho só veio no final do segundo tempo, com Ibrahimovic, que estava impedido.

Diante do que foi apresentado, as expectativas cresceram e os desafios se tornaram ainda maiores. Afinal, será o Leicester capaz de dar continuidade à heroica jornada da última temporada?

– Nós temos muito respeito por todos, mas nós queremos ganhar. Tentaremos dar o nosso melhor todos os jogos, faremos o máximo. Eu esqueci o que aconteceu, agora o meu foco é na nova temporada. Nós temos ambições, mas sabemos que será muito difícil – reconheceu Ranieri, em coletiva na última semana.

Para repetir o feito da última temporada, o clube deu alguns passos importantes. O primeiro deles foi manter sua base. Além do técnico, o time conseguiu segurar Jamie Vardy, vice-artilheiro do último Inglês com 24 gols, e Mahrez, eleito melhor atleta do campeonato pela Associação dos Jogadores Profissionais (PFA, em inglês).

Essenciais na última temporada, Danny Drinkwater, Wes Morgan, Danny Simpson e Marc Albrighton também permaneceram. A maior perda ficou por conta do volante Kanté, que assinou com o Chelsea por cinco temporadas.

– A perda de Kanté custará caro ao Leicester. Por ser um jogador dinâmico, ele poderia lidar bem com a carga de jogos que o clube terá nesta temporada, já que o Leicester também disputará a Liga dos Campeões. A competição europeia, aliás, representa uma nova emoção, mas é também desafio assustador, uma vez que dividir a atenção pode enfraquecer a equipe na disputa do Inglês – afirmou Paul Doyle, jornalista do The Guardian.

Pensando na conciliação das competições e na dificuldade que terá nesta temporada, Ranieri tratou de reforçar seu elenco. Até o momento, são seis novos jogadores: Bartosz Kapustka, Luis Hernández, Ron-Robert Zieler, Ahmed Musa, Raul Uche Rubio e Nampalys Mendy. Este último chega como principal opção para assumir a vaga deixada por Kanté.

Com o investimento feito por seus concorrentes no Inglês, é difícil imaginar que os Foxes repetirão o feito da última temporada. Ainda assim, também é difícil imaginar que o clube será um dos três últimos na tabela. Diante do grande desafio, Vardy e companhia terão fôlego para voltar a surpreender o mundo do futebol?