Maurício, meia do Zenit (Foto: Divulgação)

Maurício, meia do Zenit (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
16/09/2016
15:07
São Petersburgo (RUS)

A estreia do Zenit na Liga Europa parecia ser catastrófica. Até boa parte do segundo tempo, a equipe perdia por 3 a 0 para o Maccabi Tel Aviv, de Israel, sem dar qualquer sinal de reação. Porém, após a entrada do meio-campo Mauricio, aos 26 dos segundo tempo, o jogo mudou completamente. O time cresceu muito de produção e, virou o placar para 4 a 3. Autor do gol do titulo da equipe na Supercopa da Rússia, o jogador teve papel fundamental ao marcar o segundo gol da equipe após rolada de bola do também brasileiro, Giuliano.

Com a grande virada em partida que parecia perdida, o Zenit agora acumula três pontos no Grupo D da competição. Ao final do compromisso, Maurício elogiou o espirito de luta da equipe. Contudo, o volante afirmou que gostaria de ajudar ainda mais a equipe.

– Foi realmente um jogo cheio de alternativas e para se guardar na memória. Uma partida mágica. Fico feliz por ajudar o Zenit a conquistar uma vitória como essa. Muitos já davam o jogo como perdido, mas não desistimos em nenhum momento. Entrei em um momento complicado mas, felizmente, tudo deu certo – afirmou.

– Como todo jogador, não estou satisfeito por estar no banco de reservas. Nas últimas partidas, tenho ficado como opção, mas respeito a decisão do nosso treinador e os meus companheiros. Quero ajudar mais e dar o meu melhor sempre. O nosso time encontrou dificuldades para furar o forte bloqueio que foi feito pelo Maccabi, mas tivemos tranquilidade para aproveitar os espaços e viramos jogo que parecia perdido. Foi uma ótima estreia e agora vamos pensar nos próximos jogos – completou.

Após o triunfo, o Zenit volta atenção para a disputa do Campeonato Russo. O time enfrentará o Rubin Kazan, na próxima segunda, dentro de casa. A equipe é a terceira colocada na tabela de classificação, com 12 pontos.