Juan Felipe - Vardar

Juan Felipe ganhou do Vardar até uma camisa alusiva à renovação de seu contrato (Foto: Divulgação Vardar)

LANCE!
30/03/2017
19:25
Skopje (MAC)

Um dos destaques do futebol da Macedônia, o meia Juan Felipe acertou nesta quinta-feira a renovação de seu contrato com o Vardar até 2020. O compromisso do atleta ainda tinha mais 18 meses de duração, mas a direção do clube mais popular do país se antecipou ao assédio de equipes de diversas partes da Europa.

- Representantes de vários clubes conversaram comigo e com o próprio Vardar nas últimas semanas, perguntando sobre minha situação. Diante do interesse, os dirigentes resolveram se precaver. Me ofereceram um contrato mais longo, reajuste de salário e, claro, aumento do valor da multa por rescisão - explicou o atleta.

Eleito o melhor jogador do país logo em sua primeira temporada, Juan Felipe foi importante na conquista do Campeonato e da Supercopa da Macedônia em 2016. Apesar das diferenças na língua e nos costumes, e do rigoroso inverno do leste europeu, o meia revela que já está ambientado à vida em Skopje, capital do país, onde fica a sede do Vardar.

- No Brasil pouca gente me conhece, mas aqui sou tratado como muito carinho pelo torcedor, não apenas do Vardar, mas de outros times. Muita gente pede para que me naturalize e jogue com a camisa da seleção nacional. Me sinto feliz e adaptado ao clube e ao país.

Juan Felipe tem 29 anos e atuou nas categorias de base do Santos e, ainda no futebol brasileiro, vestiu as camisas do São Vicente, Jabaquara, Santo André e Mogi Mirim, além do Oriente Petrollero (Bolívia) e CSKA Sofia (Bulgária), antes de chegar ao Vardar, em julho de 2015.

O Vardar está muito próximo de conquistar o bicampeonato macedônio. Restando dez rodadas para o término da competição, a equipe de Juan lidera com 53 pontos ganhos, seis a mais que o Shkendija. Sua campanha soma 16 vitórias, cinco empates e somente duas derrotas.

O time volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Rabotnicki, em confronto marcado para o Estádio Philip II, em Skopje.