RADAR/LANCE!
28/06/2016
10:39
Turim (ITA)

Terceiro jogador mais vitorioso da história do futebol, Daniel Alves chegou à Juventus com status de craque. O lateral-direito, que assinou por duas temporadas, com salário de 3,5 milhões de euros (R$ 13,1 milhões) anuais, foi apresentado nesta terça-feira no clube de Turim. 

Daniel Alves deu a sua primeira entrevista como jogador da Velha Senhora e exibiu a todos os presentes na sala de imprensa qual será o número da camisa que usará: 23 - em homenagem a LeBron James, que recentemente foi campeão da NBA pelo Cleveland Cavaliers. 

- É uma grande honra estar aqui, vir a este time. Eu escolhi a Juventus porque gosto de sonhar junto com os times, gosto de sonhar junto com outros jogadores. E creio que aqui no Juve tenho um sonho, quero compartilhar esse sonho. Quero tentar, junto a eles, realizar esse sonho, que é ganhar a Champions. Faz muito tempo que o Juve não ganha este título. Há muito tempo predomina na Itália, mas na Europa tem essa vontade de triunfar também - afirmou o jogador, que lembrou que a Juventus não conquista uma Liga dos Campeões desde a temporada 95/96.

Aos jornalistas, o jogador da Seleção Brasileira tentou explicar o motivo de ter deixado o Barcelona, clube por qual defendeu durante oito anos e conquistou incríveis 23 títulos, fez 391 jogos e marcou 21 gols.

- O Barça é um time com uma história incrível. Me considero um privilegiado de ter feito parte dela. Mas todas as histórias têm um final, e cada um deve escolher quando chega ao fim. Queria escrever minha própria história e ser eu quem decidisse quando acabaria minha etapa no Barça - disse.

Confira outros trechos da entrevista de Daniel: 

Paul Pogba (maior astro da Juve)

É um grande jogador. Sou fascinado pela chance de jogar com jogadores desse nível.


Conversa com o técnico Massimiliano Allegr


Ainda não nos aprofundamos sobre o que ele quer de mim. Mas eu sei que o clube tem estudado muito eu me escolheu porque sabe que eu estou à altura da equipe. Esta dedicação me impactou muito, e foi uma das coisas que me fez optar pela Juventus. Há muitos jogadores que escreveram a história do futebol, e a Juve representa a Itália. Minha obrigação é ajudar os colegas. 

Hay muchos jugadores que han escrito la historia del fútbol, la Juve representa a Italia: todos seremos importantes y compartir esta temporada será un honor. Mi obligación es ayudar a los compañeros, estoy feliz cuando se hacen goles así que trabajaré para esto.

Lebron James
Número 23: homenagem ao multicampeão James (Foto: AFP)

Escolhi o 23 pelos grandes de outros esportes. O mais recente, LeBron James, porque simplesmente são jogadores que se reinventam, não são cômodos. Como ganham no mesmo lugar, querem buscar outros desafios, outras coisas em sua história. E recentemente ele (LeBron) conseguiu mudar de um time onde estava super cômodo, vinha de ganhar, tinha um destaque importante. Mudou, estava há um ano lutando, não pode ser campeão pelas lesões dos companheiros. E este ano se reinventou outra vez. É um número que me desperta essa sensação de que venho a outro clube, outro país para me reinventar aqui, viver com outros companheiros e viver em outro clube. Por isso a minha escolha desse número.