Cristiano Ronaldo e Lewandowski

Cristiano Ronaldo e Lewandowski são os personagens principais da abertura das quartas da Euro

RADAR/LANCE!
30/06/2016
10:54
Rio de Janeiro (RJ)

Cristiano Ronaldo contra Lewandowski abre nesta quinta-feira, em Marselha, a fase quartas de final da Eurocopa 2016. Os dois jogadores por si só poderiam ser o sinônimo do duelo entre Portugal e Polônia. Afinal de contas, são quase que estrelas solitárias em meio a coadjuvantes meramente figurantes. Portanto, a pergunta que fica é: quem será o responsável por levar o seu país a ficar entre as quatro melhores do Velho Continente?

- Aparentemente, a vantagem pode ser de Cristiano Ronaldo, que tem capacidade para marcar, assistir ou adotar uma postura mais solidária, até em terrenos distantes do gol adversário, como já aconteceu neste Eurocopa - afirmou o editor do Record Nuno Farinha, que faz uma ressalva que deixa os lusos bem atentos:

- O caso de Lewandowski é um pouco diferente. Para quem se alimenta de gols, o fato de ainda estar em branco ao fim de quatro jogos deve estar a provocar uma espécie de “crise de ansiedade”. A má notícia para Portugal é que um o atacante do Bayern dificilmente passa por uma competição tão importante sem deixar a sua marca… Ou seja, entre a confiança de CR7 e a necessidade de Lewandowski marcar urgentemente, vejo os dois com igual capacidade para decidir este jogo - analisou.

Já o editor do L! Carlos Alberto Vieira reconhece que os dois estão rendendo abaixo do esperado até aqui. Assim como o companheiro português, vê CR7 em vantagem no duelo particular, mas faz um alerta:

- A Polônia vem sendo uma equipe muito defensiva. Já Portugal, mesmo aos tranco s e barrancos, joga para o ataque (contra a Croácia foi diferente, mas os croatas buscam o jogo, o que não ocorre com Polônia, Áustria, Hungria ou Islândia, os outros adversários que Portugal está pegando). Além disso, Cristiano Ronaldo é bem mais decisivo e vem criando chances, mas com muita falta de sorte na finalização - declarou.

Bertrand Blais, correspondente do L'Équipe, vê outro motivo para Cristiano Ronaldo sair na frente no duelo particular de estrelas com Lewandoski:

- Acredito que o Cristiano tem a possibilidade de ser mais decisivo. Ele já fez dois gols, enquanto o Lewandowski ainda não deixou sua marca. Pode ser pelo fato de talvez realizar uma função diferente na seleção em relação ao Bayern. Além disso, os coadjuvantes portugueses são melhores que os poloneses.