LANCE!
20/11/2017
12:53
Benevento (ITA)

A história está escrita. E com uma caneta ingrata. No último domingo, o Benevento, promovido à Serie A este ano, se tornou, oficialmente, o pior clube da história ao debutar, levando em conta as cinco principais ligas europeias.

O revés por 2 a 1 diante do Sassuolo, em casa, foi o 13º do Benevento em 13 jogos do Campeonato Italiano 2017/18. Isso significa que os Feiticeiros bateram o recorde negativo do Manchester United da temporada 1930/31, quando os Red Devils entraram em cena no principal patamar do futebol inglês com 12 derrotas consecutivas, de início.

Contra o Sassuolo, frente ao torcedor no Stadio Ciro Vigorito, o Benevento estava prestes a conseguir a "proeza" de pontuar pela primeira vez, pois o jogo estave empatado (1 a 1) até os acréscimos, quando os Neroverdi, em superioridade numérica desde os 25 minutos do segundo tempo, marcaram imediatamente após terem perdido um pênalti. Que fase! 

Cabe lembrar que, ainda na nona rodada, o Benevento já tinha chegado ao status de pior time da história da Serie A, batendo as oito derrotas do Venezia da temporada 1949/50. E a saga continua... 

TEM EXPLICAÇÃO?

O Benevento, cuja história conta com quatro refundações (1953, 1962, 1960 e 2005), tem uma defesa que já levou 33 gols em 13 partidas. O ataque não fica atrás no quesito ineficiência. São apenas seis bolas na rede dos rivais.

Conquanto o presidente do clube, Oreste Vigorito, afirme que é natural a discrepância com outras equipes por conta do lado financeiro, o péssimo momento pode ser explicado pela falta de comprometimento dos jogadores.

Torcedores locais têm questionado a política da diretoria de não investir em garotos e reforçar o time com jogadores emprestados em demasia. Ao todo, são 22 atletas pertencentes a outras equipes. Os fãs não têm perdoado.

- É muito mais fácil ter um clube nas cidades grandes com esta distribuição injusta das receitas. A forma como as receitas são distribuídas promovem o surgimento de grandes diferenças entre clubes na mesma competição. Não deveríamos tentar curar câncer cortando apenas a perna - explicou Vigorito.

BRUXARIA?

O curioso é que o feito negativo pode vir justamente no período de Halloween, sendo que o Benevento tem uma bruxa no escudo pelo fato da cidade de Benevento ser conhecida como "Cidade das Bruxas". O apelido se deve aos cultos pagãos realizados na região na Idade Média, tidos como bruxaria naquele contexto.

E parece que há uma bruxaria para os dias de alegria estarem escassos no Estádio Ciro Vigorito, sobretudo pela ligeira troca de humor. Há pouco tempo, mais precisamente no dia 8 de junho, Benevento estava em êxtase. Pela primeira vez, a cidade de 60 mil habitantes teria um time na elite do futebol italiano. Isso graças à conquista do terceiro lugar na Serie B.

E mais: o Benevento protagonizou uma ascensão meteórica da Serie C à A em dois anos (já no seu primeiro ano na Serie B, subiu de divisão). Pelo visto, a "maldição" - ou só a fase incompetente, dependendo do prisma em que se vê o cenário - continua. O fato é que o cenário é horripilante.