FIFA  Sepp Blatter Michel Platini (foto:Mchael Buholzer/AFP)

Blatter e Platini foram suspensos por oito anos do futebol (foto:Mchael Buholzer/AFP)

LANCE!
12/01/2016
13:00
Zurique (SUI)

O Comitê de Ética da Fifa não gostou da decisão que puniu Joseph Blatter e Michel Platini por oito anos e prometeu recorrer da sentença. O órgão acredita que a sanção foi branda e deseja que os dirigentes sejam banidos do futebol.

A câmara de investigação do Comitê de Ética admitiu que houve discordância na decisão - proferida no fim de dezembro - que suspendeu os ex-presidentes da Fifa e da Uefa.


- Temos interesse de rever a decisão - comentou um integrante do Comitê ao "The Telegraph".

Os cartolas foram penalizados por suspeita de corrupção. Eles não comprovaram um pagamento feito por Blatter a Platini em 2011. O francês recebeu cerca de R$ 8 milhões, dias antes do pleito da Fifa naquele ano, e alegou que a quantia era proveniente de serviços prestados entre 1999 a 2002, quando fez um trabalho para o dirigente suíço na entidade.

A versão de ambos não foi aceita pelo Comitê de Ética, que entendeu que a prática foi um suborno, uma vez que Platini retirou sua candidatura para eleição da Fifa em 2011 semanas antes do pleito. A verba não consta no balanço da organização daquele ano, e Blatter disse que era um 'acordo verbal' entre eles.