Rafael Bullara e Vinícius Perazzini
29/09/2017
08:00
Portland (EUA)

Nem todas as transações na Major League Soccer envolvem cifras milionárias. A última delas, inclusive, foi movida por uma causa solidária e emocionou os Estados Unidos. Na semana passada, o Portland Timbers, campeão da MLS Cup 2015, contratou o menino Derrick Tellez, de 5 anos, para ser o quarto goleiro do clube. Derrick enfrenta um tumor cerebral e tem como sonho ser jogador profissional. Comovido, o time do coração do jovem se apressou para realizar este desejo e lhe ofertou um contrato. Spoiler: essa é uma história de arrepiar.

Na sexta-feira, Derrick Tellez assinou com o Portland Timbers por um jogo e, de fato, viveu três dias de jogador. O garoto treinou sexta e sábado com o elenco, deu entrevista coletiva, frequentou o vestiário com os demais atletas e chegou a aquecer com os jogadores para o duelo contra o Orlando City, no domingo. Quando a bola rolou, Derrick foi para um camarote e viu seus companheiros vencerem por 3 a 0. Simbolicamente, o pequenino jogou junto e colaborou na goleada, motivando o time. E a equipe também servirá como combustível para o menino. Pesquisas apontam que, quando uma criança doente tem um sonho realizado, em 89% dos casos os pais observam um aumento na força emocional do jovem, fator que pode ajudar na melhora do quadro médico.

Derrick já passou por três cirurgias na cabeça e precisa fazer exames de ressonância magnética a cada seis meses para ver se o tumor está atacando novamente. A luta contra a doença é contínua, mas Derrick é um garoto cheio de esperança. Em entrevista ao LANCE!, o vice-presidente de relações comunitárias do Portland Timbers, Kristel Wissel, destacou a força do jovem.

- Derrick precisa fazer exames de ressonância magnética, mas seu oncologista é muito otimista. Sua mãe diz que ele é um menino corajoso e forte, e ele continua a fazer bem as coisas dele - comentou Kristel Wissel, detalhando as emoções do garoto durante os dias como jogador do Portland Timbers:

- Ele estava muito animado para participar de tudo. Toda a experiência vivida foi além do que a família esperava, e ficaram surpresos com o quanto a equipe, fãs e comunidade apoiaram o sonho dele. Derrick deu até autógrafos para fãs!

Parceiro da ONG Make-A-Wish, o Portland Timbers foi contactado pela instituição para saber se seria possível realizar o sonho de Derrick. O clube prontamente respondeu que sim e ainda ajudou a família do jovem com um suporte financeiro, de valor não divulgado. Kristel Wissel disse que o Portland também ganhou com a presença do pequenino nos treinos e no jogo.

- As atividades com Derrick foram muito motivadoras para nossa equipe. Nossos jogadores são muito ativos em trabalhos solidários. Eles gostaram de poder ajudar Derrick a desenvolver suas habilidades de goleiro e trabalhar com ele. Ele se encaixou perfeitamente com os caras - disse o dirigente do Portland.

Além do vínculo por um jogo, Derrick entrou para sempre no coração do clube:

- Derrick é agora parte da família Timbers. Nós planejamos visitar sua escola nos próximos meses, para mostrar nosso apoio a ele e inspirar outros jovens em sua classe a ler, pois nosso clube também está focado em promover o amor pela alfabetização. Derrick também tem um convite aberto para nossas partidas nesta temporada. Ele é um membro importante da família Timbers, estamos muito ansiosos para celebrar seu sexto aniversário em breve.