Sorteio Sul-Americana

(Foto: Divulgação)

Igor Siqueira
14/07/2016
07:35
Rio de Janeiro (RJ)

O conflito de calendário também virou uma concorrência financeira. Com um aumento no valor das cotas anunciado pela Conmebol, a Sul-Americana, cujo calendário é incompatível com a Copa do Brasil a partir das oitavas de final, passou a pagar mais individualmente aos clubes.

Agora, caso um brasileiro seja campeão da edição 2016 - que já tem confirmada a presença de Flamengo, Sport e Cuiabá -, esse clube receberá US$ 3,67 milhões (ou seja, R$ 12 milhões). Na edição atual, a Copa do Brasil pagará ao vencedor no máximo R$ 10,7 milhões.

O detalhe é que a Sul-Americana tem menos fases para os clubes brasileiros do que aqueles que iniciam a Copa do Brasil desde a primeira fase.

E aí caberia a cada clube que joga a competição nacional tirar a diferença com bilheteria. Mas fato é que o aumento de 72% aplicado pela Conmebol deixou a edição-2016 mais atraente.

É bom ressaltar que a definição das vagas brasileiras depende da rodada da terceira fase da Copa do Brasil. Se um clube do primeiro escalação do futebol nacional cair nesta mesma terceira fase, como é o caso do Santos, disputar a Sul-Americana e for campeão, o resultado da equação pode ser ainda mais lucro. É que ele teria embolsado R$ 1,7 milhão em cotas da Copa do Brasil e depois iria atrás dos R$ 12 milhões da Sul-Americana, totalizando R$ 13,7 milhões de arrecadação, fora bilheteria.

O aumento das cotas foi um "contra-ataque" da Conmebol, que viu em 2013 a CBF estender e subir o número de participantes da Copa do Brasil, fazendo com que adversários, em tese, mais fracos fossem disputar a competição sul-americana, gerando uma desvalorização no aspecto interesse.

COTAS DA SUL-AMERICANA (para brasileiros)
Segunda fase - US$ 300 mil (RS 981 mil)
Oitavas - US$ 375 mil (R$ 1,22 milhão)
Quartas de final - US$ 450 mil (R$ 1,47 milhão)
Semifinais - US$ 550 mil (R$ 1,79 milhão)
Campeão - US$ 2 milhões (R$ 6,54 milhões)
Premiação máxima - US$ 3,67 milhões (R$ 12 milhões)

COTAS DA COPA DO BRASIL-2016
1ª fase – R$ 480 mil (grupo 1) / R$ 420 mil (grupo 2) / R$ 240 mil (grupo 3)
2ª fase – R$ 600 mil (grupo 1) / R$ 480 mil (grupo 2) / R$ 300 mil (grupo 3)
3ª fase – R$ 660 mil
Oitavas de final – R$ 840 mil
Quartas de final – R$ 960 mil
Semifinal – R$ 1,2 milhão
Vice-campeão – R$ 2 milhões
Campeão – R$ 6 milhões
Premiação máxima: RS 10,7 milhões