Nelson Semedo - Arouca x Benfica

Nelson Semedo (camisa 50) recebe o abraço dos companheiros logo após marcar o primeiro gol do Benfica sobre o Arouca pelo Campeonato Português. FRANCISCO LEONG / AFP

RADAR/LANCE!
09/09/2016
19:06
Lisboa (POR)

O Benfica estava sem ataque para o jogo desta sexta-feira contra o Arouca, na casa do rival, pelo Campeonato Português. Jonas, Mitroglou e Jimenez, todos machucados. Sem goleadores, quem decidiu para as Ágiuas foram os defensores. Com gols de Nelson e Lizandro López, um em cada tempo, o atual campeão derrotou o rival por 2 a 1 (Walter González descontou) e assumiu, pelo menos provisoriamente, a liderança da competição, com dez pontos (pode ser ultrapassado pelo Sporting, que tem nove e joga neste sábado contra o Moreirense). O Arouca, com três pontos, está em 13º.

Dois jogadores estrearam pelo Benfica. O atacante Rafael (Rafa) da seleção de Portugal e recém-contratado ao Braga, se apresentou após o jogo de Portugal contra a Suíça pelas Eliminatórias, fez boa partida, mas acabou se machucando na etapa final. E o atacante José Gomes.

A situação de Gomes merece uma atenção á parte.  Ele entrou apenas aos 46 minutos do segundo tempo e tocou duas vezes na bola, dando um passe para Pizzi perder um gol e quase marcando no último lance da partida. Mas o garoto - só relacionado por causa das ausências ofensivas - foi ovacionado, pois é considerado a nova joia do Benfica. Tem apenas 17 anos, foi o principal jogador da seleção portuguesa Sub-17, com a qual foi campeão europeu da categoria, e ainda sagrou-se o artilheiro da competição.

O JOGO 

Em campo, o Benfica sempre foi superior, com boa atuação do único atacante que começou, o estreante Rafael (recém-contratado ao Braga e que estava na seleção portuguesa, chegando há dois dias). Logo chegou ao gol quando Nelson Semedo, em contra-ataque, recebeu pela direita e, trombando com dois zagueiros, conseguiu tocar para o gol.

Na etapa final, aos seis minutos, Lisandro López apareceu na primeira trave após um cruzamento e cabeceou para marcar o segundo gol do Benfica. A entrada de Walter Gonzalez - que marcara um gol para o Arouca na Liga Europa - entrou e colocou fogo no jogo ao diminuir o placar no primeiro lance que participou. Só que este gol do Arouca foi muito reclamado pelos benfiquistas. Na jogada anterior, Pizzi sofreu pênalti não marcado e, no contragolpe, o time da casa marcou.

Depois disso o jogo ficou equilibrado e o Benfica, já sem Rafa tratou de fazer o tempo passar. E a torcida só foi fazer festa quando viu que o treinador  Rui VItória resolveu chamar o garoto José Gomes para atuar alguns poucos minutos e quebrar o gelo da estreia no time A.

- Este 2 a 1 foi absolutamente enganoso. Fomos superiores e perdemos chances de fazer 3 a 0, que deveria acontecer sem problema se o juiz marcasse pênalti no lance que gerou o contra-ataque do gol dos rivais - disse o técnico benfiquista Rui Vitória, preocupado com os desfalques ofensivos para a partida contra o Besiktas, na terça-feira, pela Liga dos Campeões.