Thiago Correia
06/02/2016
12:37
Manchester (ING)

Normalmente, um confronto entre os dois maiores campeões da Segunda Divisão de um país não chamaria muita atenção. Seria um jogo entre times "ioiô", aqueles que sobem e descem o tempo todo. Porém, as circunstâncias garantiram que na Inglaterra, neste sábado, ele seria decisivo. Afinal, a enorme surpresa Leicester, heptacampeão da Segundona, derrubou o poderoso Manchester City, também hepta, no Etihad Stadium. Ganhou por 3 a 1, com show de Mahrez e Huth, e caminha a passos largos para um surpreendente e incrível título da Premier League, que seria um conto de fadas para os Foxes.

Com este resultado, o Leicester alcança os 53 pontos e já abre seis para cima do Manchester City, que pode perder a vice-liderança ainda neste fim de semana, já que Tottenham e Arsenal, ambos com 45, ainda jogam. Os Spurs recebem o Watford neste sábado, enquanto os Gunners visitam o Bournemouth no domingo. A próxima rodada também será decisiva, já que os quatro times do G4 se enfrentam. Os Foxes visitam o Arsenal, enquanto os Citizens recebem o Tottenham.

O Leicester fez o seu futebol de sempre. Sabe que não tem a mesma qualidade técnica do rival, e deixou o City com mais posse. No fim do primeiro tempo, o Manchester ficou com praticamente 70% de tempo com a bola. Porém, os Foxes, como sempre, foram mortais.

Cpm menos de três minutos jogados, em uma falta lateral colocada na área, Mahrez cobrou à média altura, Huth se antecipou à marcação e completou de pé direito. Foi o décimo passe para gol do argelino, um dos melhores jogadores da temporada na Inglaterra.

O City tinha um meio de campo bem povoado, com Delph, Yaya Touré, Fernandinho, além de David Silva e Sterling. Como a bola era mais do City, todos eles encostavam em Agüero. Porém, as chances reais mesmo, perigosas, seguiam com os visitantes. Vardy recebeu lançamento longo de Mahrez, disparou pela esquerda, ganhou de Otamendi na velocidade, centrou para Okazaki, que quase completou.

A melhor chance do City foi em um "quase pênalti". Zabaleta foi derrubado praticamente na linha. Ou em cima dela. A arbitragem deu fora da área. Isso ainda vai dar um pano para a manga danado nos próximos dias...

Na etapa final, o filme se repetiu. Incrivelmente o gol veio também no segundo minuto jogado. E foi uma verdadeira pintura. O Leicester já tinha feito um contra-ataque, mas foi no seguinte que deu certo. Mahrez ficou com a bola, pedalou para cima de Demichelis e chutou com firmeza.

A reação de Manuel Pellegrini foi mudar. Colocou Fernando e Iheanacho nos lugares de Yaya Touré e Delph. O City foi para cima, e o brasileiro que tinha acabado de entrar, quase diminuiu de cabeça, mas Schmeichel defendeu de joelho. Mas não tinha jeito. Tudo estava lindo para o Leicester.

E um herói improvável surgiu novamente. Enquanto Mahrez bagunçava, Huth fazia o seu nome. Já tinha marcado o primeiro, e após cobrança de escanteio, o zagueirão cabeceou para o gol. Vai caber reclamação para o impulso feito em Demichelis.

Mas tinha sido o golpe fatal, que iria garantir de vez esta vitória. Daí para o fim, o City estava entregue. Se já estava difícil antes, a inspiração, a motivação e o ímpeto foram embora. Coube ao Leicester garantir o resultado e levá-lo ao fim. Teve até oportunidade de ampliar com Vardy, e Agüero, e posição duvidosa, diminuiu. Mas os três pontos para os visitantes estavam mais do que garantidos.

CONFIRA A 25ª RODADA DO CAMPEONATO INGLÊS
Sábado

Manchester City 1x3 Leicester
Aston Villa x Norwich
Liverpool x Sunderland
Newcastle x West Bromwich
Stoke x Everton
Swansea x Crystal Palace
Tottenham x Watford
Southampton x West Ham

Domingo
Bournemouth x Arsenal
Chelsea x Manchester United