Stoke x Chelsea

Chelsea brigou, mas não mostrou futebol, sobretudo na segunda etapa  (Foto: PAUL ELLIS/AFP)

LANCE!
07/11/2015
17:24
Stoke-on-Trent (ING)

Banido dos estádios ingleses por uma rodada em virtude de uma tentativa de invasão ao vestiário da arbitragem, o técnico José Mourinho disse que estaria acompanhando a partida do Chelsea contra o Stoke City por um iPad, numa esquina qualquer de Londres. Decisão não muito sábia. Em Stoke-on-Trent, os Blues perderam por 1 a 0 e amargaram a sétima derrota em 12 jogos da Premier League.

O resultado pode selar de vez a queda de José Mourinho. No entanto, mesmo ausente no estádio, a torcida do Chelsea gritou o nome do treinador, que atingiu, pela primeira vez na carreira, sete derrotas numa liga nacional. O atual campeão inglês está na 16ª colocação, ameaçado pela zona de rebaixamento. Já o Stoke subiu para 12º.

Stoke x Chelsea
Stoke sobe na tabela. Chelsea cai uma posição  (Foto: PAUL ELLIS)


O Chelsea até foi melhor durante o primeiro tempo, obrigando o goleiro rival Butland a trabalhar. No banco de reservas, dois auxiliares berravam por Mourinho, enquanto Diego Costa se enroscava com os zagueiros adversários.


No segundo tempo, os londrinos voltaram a mostrar a total desorganização em campo, característica marcante da campanha neste Campeonato Inglês. O Stoke aproveitou, abriu o placar com Arnautovic e dominou o jogo.

Quando o Chelsea voltou a atacar, o atacante Pedro parou na trave. Mourinho, neste momento, deve ter arremessado o iPad contra a parede. Minutos depois, Remy passou pelo goleiro e, desequilibrado, chutou para fora. O drama parece não ter fim.

Em crise, o Chelsea volta a campo no dia 21, contra o Norwich City. Resta saber se será José Mourinho que estará no banco de reservas dos Blues.